Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
22/01/2001 - 09h00

SBT reprisa "Éramos Seis" com Irene Ravache a partir de hoje

Publicidade

da Folha Online

A partir de hoje o SBT vai reprisar a novela "Éramos Seis". Baseada no livro de Maria José Dupret e escrita por Sílvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, "Éramos Seis" é dirigida por Del Rangel e Henrique Martins.

A história é narrada por períodos: o primeiro vai de 1921 a 1924; o segundo, de 1931 a 1935 e o terceiro, a partir de 1942.

A trama se desenvolve em torno da família de Lola e Julio, de origem italiana.

O cotidiano de uma família pobre em São Paulo e as relações do casal e seus quatro filhos com os vizinhos e parentes é o eixo da narrativa.

A saga da família é contada ao longo de 30 anos.

No elenco estão Irene Ravache, Othon Bastos, Tarcísio Filho, Leonardo Brício, Luciana Braga, Denise Fraga e Osmar Prado.

Conheça os personagens da trama

Dona Lola (Irene Ravache)-

Matriarca da família. Começa a novela com mais ou menos trinta anos e termina com aproximadamente sessenta. Meiga, dedicada, querida e ao mesmo tempo forte e determinada. A típica mãe da família latina.

Júlio (Othon Bastos)-

Marido de Lola. Bom pai de família, mas cheio de problemas de afirmação. Não consegue se comunicar com os filhos. Muitas vezes bebe. É extravagante em casa e muito submisso no emprego. Morre no meio da história de úlcera no estômago.

Carlos (Jandir Ferrari)-

Filho mais velho. É meigo e dedicado. Começa na novela com mais ou menos 12 anos de idade. Morre no meio da segunda parte da trama, pouco depois da morte de Júlio, seu pai. É o filho mais amigo de Lola.

Alfredo (Tarcísio Filho)-

O segundo filho. Rebelde e agressivo, é o típico filho- problema. Começa a história com um ano a menos do que Carlos. Na segunda fase da trama é um galã, rebelde, problemático, mas cheio de idéias políticas e de sonhos impossíveis. É amigo da mãe, mas o seu temperamento o afasta sempre dela.

Julinho (Leonardo Brício)-

O terceiro filho. É o falso bonzinho. Sempre preocupado consigo mesmo. É inteligente e sabe ser simpático quando interessa.

Maria Isabel (Luciana Braga)-

É a caçula da casa. Menina mimada e voluntariosa, mas de bom gênio. Tem uma bonita história de amor com um homem desquitado. É bonita, elegante e fútil até conhecer esse homem, depois se transforma em uma dona de casa, um pouco
parecida com a mãe, dona Lola.

Clotilde (Jussara Freire)-

Irmã mais velha de Lola. Já começa a história como uma solteirona, mas vai encontrar o grande amor de sua vida em um amigo de Júlio. É a melhor amiga de Lola no decorrer da história.

Olga (Denise Fraga )-

A irmã mais nova de Lola. É engraçada e coquete. Típica mulher do interior, com muitas cenas de comédia junto ao seu marido, Zeca. No decorrer da história, se enche de filhos e de problemas. De uma moça pobre, vira uma mulher de sociedade no interior com o progresso do marido nos negócios.

Zeca (Osmar Prado)-

Marido de Olga. Típico caipira do interior que vai subindo na vida. O relacionamento dele e Olga são o alívio cômico da novela. Se mete sempre em trapalhadas quando vai para a cidade grande.

Dona Maria (Yara Lins)-

Mãe de Lola. Uma senhora forte, simpática e trabalhadora. Faz doces sob encomenda e vende no interior. Mulher batalhadora que ficou viúva cedo e cuidou de sua família com sacrifício. Morre antes do final da história.

Tia Emília (Nathália Timberg)-

Tia de Lola. Mulher rica e esnobe. É o única personagem rico da novela. Altiva, bem tratada, elegante, tem um certo desprezo, ainda que velado, pela parte pobre da sua família.

Adelaide (Bete Coelho)-

Filha de Emília. Mulher bonita, educada na Europa, muito viajada. Tem idéias modernas e progressistas e discursos sobre o que é certo ou errado. Tem um romance com Alfredo que se desenvolve até o fim da história. Muito inteligente e rebelde, é uma ovelha negra para Emília, mas é muito bem tratada pela mãe.

Justina (Mayara Magri)-

Filha mais velha de Emília, tem problemas mentais. Teve um problema de infância que só é mostrado no final da novela. É boa e suave, mas muitas vezes pode ficar violenta. Tem carinho pelos filhos de Lola.

Candoca (Wilma de Aguiar)-

Tia de Lola, vem do interior e traz problemas para a casa. É simpática,

Durvalina (Chica Lopes)-

Empregada fiel de Lola e depois de Lúcio e Carmencita. É simpática, educada e amiga. Ajuda Lola a criar os filhos.

Genu (Jandira Martini)-

É a vizinha e amiga de Lola na cidade. É mandona e vive às turras com o marido. Adora ir a enterros e fofocar sobre a vida alheia. É a mais informada do bairro.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página