Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
26/01/2004 - 09h25

Mercado mundial de PCs cresce 11,4% em 2003

Publicidade

da Folha Online

O mercado de computadores pessoais vem refletindo a recuperação econômica mundial, segundo a empresa de análises IDC. A queda nos preços dos PC e a crescente venda de notebooks em 2003 resultaram no primeiro crescimento de dois dígitos no mercado mundial de computadores desde 2000 --segundo a IDC, a indústria vendeu 152,6 milhões de PCs em 2003, 11,4% mais do que em 2002.

Apesar da alta nas vendas, as empresas não estão vendo seus faturamentos aumentarem, disse Roger Kay, analista de tecnologia da IDC. Como as pessoas estão comprando computadores cada vez mais baratos, a receita das empresas é bastante baixa.

Karine Paoli, analista da IDC, disse ao "Vnunet.com" que acredita que as vendas continuarão crescendo em 2004 porque as empresas apenas iniciaram o processo de atualização de suas máquinas em 2003. No longo prazo, porém, Paoli prevê uma migração dos usuários dos desktops para os notebooks.

Fabricantes

A Dell foi a maior fabricante de 2003. A empresa vendeu 25,8 milhões de computadores --25% mais do que no ano anterior, segundo a IDC.

Já a HP caiu para a segunda colocação, com 25 milhões de unidades entregues em todo o mundo. Mesmo que tenha perdido a primeira posição para a Dell, a empresa teve alta de 14,5% nas vendas de 2003.

IBM, Fujitsu e Toshiba, nesta ordem, completam a lista das cinco principais fabricantes de 2003.

Com Associated Press
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Voltar ao topo da página