Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
05/07/2004 - 13h57

Michael Moore libera download de "Fahrenheit 9/11"

Publicidade

da Folha Online

O diretor norte-americano Michael Moore liberou o download de seu mais novo filme --"Fahrenheit 9/11"-- via programas para trocar arquivos pela internet, como o Kazaa, Morpheus e eDonkey.

"Não concordo com as leis de direitos autorais e não quero criar um problema com pessoas que querem apenas assistir aos filmes. Enquanto não tentarem lucrar com o meu trabalho, para mim está tudo bem", disse Moore.

"Fiz este filme porque quero que o mundo inteiro mude. Quanto mais pessoas assistirem, melhor, então fico feliz por isso estar acontecendo."

Provocação

Moore também disse não se incomodar com um site que se opõe ao ponto de vista do diretor. "Vamos ver se Moore realmente quer que a questão seja sobre o trabalho e não sobre o dinheiro", disse Jim Kenefick, do site MooreWatch.

"Roube esse filme, vamos deixar que todas as pessoas vejam o filme de graça", escreveu Kenefick. Ele chegou a colocar um link para baixar "Fahrenheit 9/11", em seu site (http://moorewatch.com/), que já foi removido.

Ainda é possível encontrar o filme por meio de programas de compartilhamento de arquivos, como o Kazaa e o Edonkey.

As distribuidoras de "Fahrenheit 9/11" --que arrecadou US$ 21,8 milhões em sua estréia e foi o primeiro documentário a liderar a bilheteria nos Estados Unidos-- parecem aceitar o ponto de vista de Moore: até o momento, elas não tomaram providências para impedir os downloads.

Especial
  • Arquivo: veja o que já foi publicado sobre Michael Moore
  • Arquivo: veja o que já foi publicado sobre o filme Fahrenheit 9/11
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página