Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
12/11/2005 - 08h45

MercadoLivre compra Arremate.com na América Latina

Publicidade

JULIANA CARPANEZ
da Folha Online

O site de comércio eletrônico MercadoLivre concluiu ontem o processo de aquisição da página Arremate.com na região da América Latina. As partes não revelam o valor do acordo.

Com a iniciativa, as operações dos sites serão integradas no Brasil, Colômbia, Equador, México, Peru, Porto Rico, Uruguai e Venezuela. Argentina e Chile foram excluídos do contrato, pois foram compradas pelo grupo de mídia La Nación, um de seus antigos acionistas.

Na prática, pouco muda na maneira como os internautas fazem compras --o site vendido será mantido no mesmo endereço virtual, mas ganhará a "cara" do MercadoLivre. No entanto, o fato de as duas páginas utilizarem a mesma plataforma fará com que elas tenham maior número de ofertas, usuários, anunciantes e transações eletrônicas.

"Em até 90 dias devemos completar o processo de integração. Vamos colocar a base de dados do Arremate.com na nossa plataforma, tomando cuidado para evitar a duplicidade de informações", afirma Stelleo Tolda, diretor-presidente do MercadoLivre no Brasil.

Em toda a América Latina o site recentemente vendido tem 4,7 milhões de usuários, enquanto o comprador conta com 9 milhões --Tolda reconhece que muitos destes clientes devem estar cadastrados nas duas páginas.

Processos parecidos de integração já aconteceram quando o MercadoLivre comprou as páginas de comércio eletrônico IBazar (2001) e Lokau (2002). Atualmente, ao entrar nestes dois sites, o usuário encontra a mesma página que aparece quando ele clica em www.mercadolivre.com.br.

Leia mais
  • CDs e DVDs perdem participação no e-commerce
  • 10% da população global faz compra on-line

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre comércio eletrônico
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página