Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
02/02/2007 - 14h52

Programa usa biometria para revolucionar busca de fotos na web

Publicidade

da Folha Online

Além de ser uma ferramenta de segurança, a biometria (sistema de identificação a partir de características físicas) também é um instrumento de comodidade. Um exemplo da tecnologia que promete virar febre é o software Polar Rose.

Em sites como Flickr (www.flickr.com) e Google Image (images.google.com), a procura de fotos fica a cargo do nome dos arquivos, autores ou "tags" (as palavras-chave). O Polar Rose rompe com isso introduzindo biometria à busca. Ela é capaz de rastrear em toda a web feições iguais com a de uma foto fornecida pelo usuário ou encontrada no próprio site.
Reprodução
Com o plugin, basta um clique na imagem para o Polar Rose mostrar fotos da mesma pessoa
Com o plugin, basta um clique na imagem para o Polar Rose mostrar fotos da mesma pessoa


O Polar Rose disponibiliza o ícone de uma flor sobre as imagens. Ao clicar no logo, fotos rastreadas em toda a web automaticamente pipocam na tela.

Idealizado por especialistas em tecnologia das Universidades de Lund e Malmö (sudeste da Suécia), o programa combina reconhecimento facial autômato com tecnologia de modelação em 3D. O software vai medir padrões como formato dos olhos, proporção da cabeça e distância entre boca e nariz para fazer sua busca. Cerca de US$ 5 milhões foram investidos no projeto, vindos da financiadora sueca Nordic Venture Partners.

Testes

Por enquanto, o produto está em versão alpha (estágio ainda anterior à fase de testes), disponível para um número limitado e não divulgado de internautas. Mas o site dá a opção de se cadastrar para receber, em breve, a versão beta de testes. Até abril deste ano plugins para o Internet Explorer e o Firefox já estarão disponíveis para download.

Apesar de o sistema criar a possibilidade de fotos privadas ou íntimas serem encontradas com um simples clique, Nikolaj Nyholm, diretor-executivo da Polar Rose, nega que haverá este tipo de uso. Em entrevista ao site da revista norte-americana "Wired", ele diz que o programa ficará longe de "inspeção ou segurança".

Nesta sexta-feira (2), o blog do Polar Rose faz um agradecimento aos internautas brasileiros. Segundo ele, a internet brasileira é a campeã em burburinho sobre o serviço, antes mesmo do lançamento.

Leia mais
  • Caixa eletrônico começa a exigir leitura da mão para evitar fraudes
  • Biometria deve movimentar US$ 3 bilhões em 2007
  • Universidade mineira usa biometria para monitorar freqüência de alunos
  • Cinema fez da biometria coqueluche futurista e retrô
  • Confira 50 filmes que usaram cenas com biometria

    Especial
  • Leia mais no especial "Seu Corpo, Sua Senha"
  • Enquete: Dá para confiar na biometria?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página