Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
26/05/2003 - 23h05

Terremoto no Japão deixa mais de cem feridos, segundo polícia

da Folha Online

O forte terremoto que atingiu hoje o nordeste do Japão deixou um saldo de 104 feridos e causou um blecaute temporário que atingiu cerca de 35 mil famílias, segundo a polícia. Nenhuma morte foi registrada.

O tremor de sete graus na escala Richter, ocorrido às 18h24 (6h24 em Brasília), causou também incêndios isolados e desmoronamentos, chegando a ser sentido em Tóquio, a mais de 300 km do seu epicentro.

Esse foi o maior terremoto visto no país em mais de dois anos. O epicentro foi localizado no oceano Pacífico, a 20 km da costa de Miyagi e a 71 km de profundidade, segundo a agência meteorológica japonesa.

Segundo autoridades locais, a maior parte das vítimas foi ferida em incêndios, desmoronamentos e deslizamentos de pedras nas cidades de Iwate, Miyagi e Akita.

Entre os feridos de Iwate estão estudantes de uma escola atingida por um deslizamento de terra ocorrido após o tremor.

''O impacto teria sido muito mais grave se o epicentro não tivesse sido tão profundo'', afirmou Noritake Nishibe, responsável da agência meteorológica.

O governo informou que 83 residências foram danificadas, duas delas foram destruídas. Na área onde o terremoto foi mais intenso, 63 desmoronamentos foram registrados.

Novo tremor

O reator nuclear de Onagawa, perto do epicentro, parou de funcionar automaticamente sem provocar danos, enquanto outras centrais da região operam normalmente. Cerca de quatro horas após o terremoto, foi sentido um tremor na região, de 4,9 graus na escala Richter.

O governo japonês instalou uma equipe de emergência para lidar com as consequências do terremoto.

O primeiro-ministro norueguês, Kjell Magne Bondevik, que está visitando o Japão, foi retirado do hotel em que estava hospedado quando o terremoto atingiu com força o edifício, de acordo com a imprensa norueguesa.

O Japão foi cenário de vários tremores de terra. Em 1995, um terremoto atingiu 7,2 graus na escala Richter, em que morreram 6.400 pessoas, enquanto outras 40 mil ficaram feridas. O terremoto destruiu 248 mil edifícios em Kobe (sul).

Com agências internacionais

Especial
  • Leia mais sobre terremotos
  • Entenda a escala Richter
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página