Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/08/2003 - 04h34

Diocese anglicana do Recife ataca nomeação de bispo gay

FABIANO MAISONNAVE
da Folha de S.Paulo

Na Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (nome oficial da Igreja Anglicana no país), a diocese do Recife (PE) tem sido a mais crítica com relação à ordenação de clérigos homossexuais. Ontem, essa diocese divulgou uma nota condenando a eleição do norte-americano Gene Robinson.

"Essa atitude vem provocar um grande ruptura na comunhão anglicana por ferir frontalmente as decisões da Conferência de Lambeth de 1998, que afirma em seu texto final a incompatibilidade com as Escrituras sagradas da prática sexual homoerótica, a homofobia, bem como a bênção de união de pessoas do mesmo sexo", afirma a nota.

A Conferência de Lambeth reúne a cada dez anos todos os bispos diocesanos e sufragâneos (auxiliares) da comunidade anglicana.

"O homossexualismo é uma atitude equivocada diante de Deus", disse à Folha de S.Paulo o bispo auxiliar do Recife, dom Filadelfo Oliveira Neto, 49, por telefone.

O bispo, no entanto, ressalva que a igreja deve ter uma atitude de "acolhida" com relação aos homossexuais: "Existe uma grande diferença entre achar que o homossexualismo é incompatível com as Escrituras e ter uma atitude homofóbica", afirmou.

A diocese do Recife representa os nove estados do Nordeste, mas conta apenas com cerca de 4.500 dos cerca de 120 mil anglicanos brasileiros. Das dez dioceses brasileiras, quatro estão localizadas na região Sul. A sede nacional da igreja fica em Porto Alegre (RS).

Recentemente, a diocese do Recife rompeu formalmente com a diocese de New Hampshire (EUA)por causa da eleição de Robinson, em junho passado.

Dom Sumio Takatsu, bispo emérito de São Paulo, 76, tem opinião favorável à ordenação de Robinson. "Acho que é positivo, no sentido de nos abrirmos para o mundo contemporâneo", disse ele à Folha de S.Paulo, por telefone.

Para Takatsu, dificilmente a igreja brasileira romperá com a igreja americana já que a maioria dos bispos apóia a nomeação. Ele disse que a Conferência de Lambeth é consultiva, não legislativa.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página