Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/01/2010 - 18h45

Sobremesa doada causa uma morte e 43 internações de indigentes na Colômbia

Publicidade

da Efe, em Bogotá

Um indigente morreu e outros 43 foram internados hoje na cidade de Cali, na Colômbia, após o consumo de uma sobremesa, aparentemente envenenada, que foi oferecida a eles por um desconhecido para celebrar o Ano Novo, informaram fontes oficiais.

O general Miguel Ángel Bojacá, comandante da polícia na cidade, disse aos jornalistas que um homem ofereceu natilla (uma sobremesa tradicional a base de fécula de milho, leite, açúcar e gelatina) a pessoas sem lar.

Um dos indigentes que consumiu a sobremesa morreu, outro se encontra na unidade de terapia intensiva e outros 42 estão hospitalizados, confirmou Bojacá.

O médico toxicólogo Maurix Rojas, que atendeu boa parte dos intoxicados, disse aos jornalistas que os pacientes chegaram aos serviços de urgência "com náuseas, vômito e em alguns casos com perda de consciência".

Rojas acrescentou que estava analisando a natilla, que era muito escura e inclusive tinha pequenos pedaços de vidro, e considerou que o doce poderia conter um pesticida.

A Polícia iniciou uma investigação e procura a pessoa que ofereceu a sobremesa.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página