Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
16/03/2010 - 06h27

Termina sequestro de criança britânica de 5 anos no Paquistão

Publicidade

da Efe, em Islamabad

Um menino britânico de cinco anos, que tinha sido sequestrado no leste do Paquistão no início do mês, foi libertado durante uma operação das forças de segurança, informou uma fonte da Embaixada do Reino Unido em Islamabad.

Sahil Saeed foi solto em uma operação com a participação de várias agências de segurança do Paquistão, assim como de dois países estrangeiros, explicou a fonte, citada pela imprensa local, sem dar mais detalhes sobre o resgate.

O sequestro aconteceu no último dia 4, quando um grupo invadiu o domicílio da avó do menino na cidade de Jhelum, na província oriental de Punyab, onde a criança passava férias. Os criminosos capturaram o menor e o levaram a um lugar desconhecido.

Centenas de sequestros são registrados anualmente. Entretanto, na maioria das ocasiões as vítimas são empresários do próprio país.

"Há três meses sequestraram um menino de uma família 'com propriedades'. Estamos em contato com os sequestradores para negociar um preço e acreditamos que o grupo não vai vender o refém a outro grupo pior", disse um jurista paquistanês.

A fonte acrescentou que, no caso de cidadãos paquistaneses, "se a família não tem conexões com pessoas de poder é complicado", pois "as agências de segurança não se preocupam".

"Quando se trata de uma pessoa de origem estrangeira, soam todos os alarmes. Além das autoridades do país da pessoa, há também grande colaboração das forças paquistanesas", afirmou.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página