Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
11/11/2004 - 09h19

Em nota, Lula lamenta a morte de Arafat

Publicidade

da Folha Online, em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou hoje uma nota, por meio do Itamaraty, sobre a morte do presidente da ANP (Autoridade Nacional Palestina), Iasser Arafat.

Arafat morreu às 3h30 desta quinta-feira (0h30, horário de Brasília), aos 75 anos, após 14 dias internado no hospital militar Percy, a sudoeste de Paris (França).

Na mensagem, o governo brasileiro lamenta a morte do líder palestino e reafirma o seu apoio à paz no Oriente Médio.

Veja a íntegra da nota sobre a morte de Arafat.

"Falecimento do presidente Iasser Arafat.

O governo brasileiro expressa suas mais sinceras condolências pelo desaparecimento do presidente Iasser Arafat, líder histórico da luta do povo palestino por sua autodeterminação e sua independência. Neste momento de dor e tristeza, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva associa-se ao pesar do povo palestino.

Certo de que as lideranças palestinas saberão manter vivos os ideais de seu incansável representante, o governo brasileiro reafirma o apoio à criação de um Estado palestino livre e soberano e à construção de um futuro de paz e prosperidade para o Oriente Médio."

Leia mais
  • Visita de presidente chinês faz Lula desistir de ir a funeral de Arafat
  • Morte de Arafat muda festa de comemoração do fim do Ramadã
  • Líderes mundiais comentam a morte de Iasser Arafat

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Iasser Arafat
  • Veja galeria de imagens de Iasser Arafat
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


    Voltar ao topo da página