Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/06/2006 - 04h36

Governo iraquiano anuncia morte de líder terrorista no Iraque

Publicidade

da Folha Online

O primeiro-ministro do Iraque, Nouri al Maliki, anunciou nesta quinta-feira, a morte do líder do grupo terrorista Al Qaeda no país, o jordaniano foragido Abu Musab al Zarqawi. Ele foi morto em casa por um ataque aéreo norte-americano na cidade de Baquba, da Província de Diala, cerca de 65 quilômetros a nordeste de Bagdá.

O mesmo ataque matou outras sete pessoas --todas ajudantes de Zarqawi, segundo o governo. Maliki anunciou a morte do líder sunita durante uma entrevista coletiva, ao lado do embaixador dos Estados Unidos no Iraque, Zalmay Jalilzahed, às 10h30 (4h30 em Brasília). O anúncio foi recebido com aplausos.

Líder da Al Qaeda no Iraque, o terrorista vulgou no início uma gravação de áudio em que pediu à comunidade iraquiana que ignorasse os pedidos de reconciliação e que continue combatendo os xiitas e a ocupação americana.

Os rebeldes sunitas seguidores de Al Zarqawi foram responsáveis por alguns dos ataques suicidas mais sangrentos do Iraque, que tiveram como alvos na maioria das vezes cidadãos xiitas e mesquitas desta facção, em uma tentativa de iniciar uma guerra civil.

Com agências internacionais

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Abu Musab al Zarqawi
  • Leia mais sobre o Iraque sob tutela
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página