Publifolha
10/03/2008 - 09h20

Há 30 anos, Antunes Filho encenava "Macunaíma" pela primeira vez

da Folha Online

Há trinta anos, em 1978, foi encenada pela primeira vez no teatro São Pedro, em São Paulo, a peça "Macunaíma", adaptação da obra de Mário de Andrade, dirigida por Antunes Filho.

Divulgação
Livro desvenda Macunaína, o herói sem nenhum caráter
Livro desvenda Macunaína, o herói sem nenhum caráter

A peça contou com bastante improvisação e até mesmo com a presença de índios durantes os ensaios.

Leia abaixo trecho do livro "Folha Explica - Macunaíma" sobre a peça.

*

Em 1978, Antunes Filho monta a peça Macunaíma, com a Companhia Paulista de Teatro (CPT), grupo que depois viria a tornar-se um dos mais importantes no teatro brasileiro de vanguarda. Nessa montagem de Macunaíma, figura que Antunes compara a Peer Gynt, o próprio Antunes revoluciona também a relação dos atores com a narrativa, criando uma peça muito baseada no efeito de improvisação, em que as imagens vistas ganham tanta importância quanto o texto narrativo.

Para seu trabalho, Antunes Filho trouxe índios aos ensaios, elaborou pesquisas com os atores junto aos irmãosVillas-Boas e abrasileirou o estilo cenográfico de Robert Wilson, famoso diretor americano, acrescentando elementos de nosso "subconsciente coletivo", tão explorado no romance do herói sem nenhum caráter. A montagem, depois de ter conquistado todo o país - num momento crítico, dez anos após o decreto do AI-5 -, viajou mundo afora e conquistou renome como uma das produções teatrais mais importantes daquela década.

Macunaíma ainda está aí, em toda parte, nos textos, nas músicas e nas ruas. Seus desdobramentos reaparecem no teatro de José Celso Martinez Correa, nas idéias de Darcy Ribeiro, na Refavela de Gilberto Gil, no discurso de Roberto da Matta, em todas as falas que percebem na miscigenação brasileira e nas contradições de nossa história não somente um problema a resolver, mas uma dinâmica a aproveitar, em nosso próprio benefício.

"Macunaíma"
Autor: Noemi Jaffe
Editora: Publifolha
Páginas: 80
Quanto: R$ 17,90
Onde comprar: nas principais livrarias, pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Publifolha

[an error occurred while processing this directive] [an error occurred while processing this directive]