Clássicos grátis para ler com ou para a criançada

Edições com novíssimas traduções da Mojo podem ser compradas em edições de luxo ou baixadas gratuitamente

Rio de Janeiro

Uma das consequências mais difíceis de ser enfrentadas pelos pais nesta quarentena é manter os filhos ocupados dentro de casa. A organização sem fins lucrativos Mojo oferece uma bela opção para esses tempos estranhos.

São 16 livros on-line gratuitos, entre eles grandes clássicos da literatura infanto-juvenil, com personagens como Peter Pan, Alice, Mowgli e o Mágico de Oz. Essas quatro histórias (seis livros, pois Alice e o Mágico de Oz possuem dois cada) foram traduzidos de novo “para a molecada brasileira do século 21”, segundo o presidente da instituição, Ricardo Giassetti.

As obras trazem um tempo de leitura aproximada (confira abaixo) e os e-books são bilíngues: após a tradução, pode-se ler o texto original no final do livro. Além deles, o site traz ensaios sobre essas obras, contos e, em breve, dois novos títulos: “A Ilha do Tesouro” e “Pinóquio”.

Para quem prefere o livro físico, a Mojo fez edições de luxo, com capa dura e ilustrações inéditas do artista Andre Ducci. Neste caso, cada obra custa R$ 99,90 nos sites da Amazon e da Mojo. Mas devido à quarentena, a Mojo baixou o preço em sua loja pra R$ 69,90. No caso dos e-books, eles sempre foram gratuitos. O endereço é mojo.org.br

Confira abaixo o resumo dos quatro clássicos à disposição hoje:

OZ

Inclui “O Magnífico Mágico de Oz” (1900) e “A Maravilhosa Terra de Oz” (1904). Autor: L. Frank Baum. Tradução: Delfin. Edição de luxo: R$ 69,90 a R$ 99,90 (340 págs.). E-book: gratuito (as duas obras devem ser baixadas separadamente). Tempo de leitura: três horas cada um.

Capa do livro Oz com ilustrações do leão, o homem de lata, o espantalho e a bruxa
Cada de "Oz" (ed.Mojo) - Reprodução

No primeiro livro, Dorothy e seus amigos — o Espantalho, o Lenhador de Lata e o Leão Covarde — vagam pela estrada de ladrilhos amarelos em busca do que “acham” que precisam. No segundo, uma revolução feminina toma a cidade de Oz e depõe seu novo governador, o Espantalho. É uma obra que destaca o valor das mulheres e da amizade contra as forças sempre ativas do mal.

PETER PAN & WENDY

De 1911. Autor: J. M. Barrie. Tradução: Gabriel Naldi. Edição de luxo: R$ 69,90 a R$ 99,90 (256 págs.). E-book: gratuito. Tempo de leitura: quatro horas.

Capa com ilustração de um navio pirata e sereias
Capa de "Peter Pan & Wendy" (ed. Mojo) - Reprodução

“Todas as crianças crescem, menos uma” – Peter Pan, o garoto mágico que cada um traz um pouco dentro de si, vem buscar Wendy e seus irmãos para a maior aventura de suas vidas. Vão para a Terra do Nunca, um lugar que existe na imaginação de toda criança: índios, piratas, sereias, feras e fadas, tudo é diversão e perigo ao mesmo tempo.

O LIVRO DA SELVA

De 1894. Autor: Rudyard Kipling. Tradução: Ricardo Giasseti. Edição de luxo: R$ 69,90 a R$ 99,90 (240 págs.). E-book: gratuito. Tempo de leitura: três horas e meia.

Capa com ilustrações verde e rosa de um tigre, um pássaro e um uma pantera
Capa de "O Livro da Selva" (ed.Mojo) - Reprodução

Você acabou de aprender a andar, está perdido na selva com um tigre faminto querendo mastigar os ossos do seu corpo. Por sorte, uma família de lobos acha você engraçado e o adota. Um ser humano pode viver entre os animais? Depois que você vira um “animal”, é possível voltar a conviver com pessoas? A vida de Mowgli contada de um modo comovente e cheio de aventuras.

ALICE

Inclui “Alice no País das Maravilhas” (1865) e “Alice Através do Espelho” (1871). Autor: Lewis Carroll. Tradução: André Cristi e Ricardo Giasseti. Edição de luxo: R$ 69,90 a R$ 99,90 (260 págs.). E-book: gratuito (as duas obras devem ser baixadas separadamente). Tempo de leitura: três horas e três horas e meia.

Capa com ilustração vermelha que mostra a menina alice cercada de personagens do país das maravilhas
Capa de "Alice" (ed. Mojo) - Reprodução

Alice viaja para o País das Maravilhas, onde os animais falam e objetos ganham vida, mas é tudo confuso e ilógico, e ela tem de ser a voz da razão. No segundo livro, Alice entra pelo espelho e vai parar num mundo às avessas. É lá que ela descobre que, para ser rainha, precisa passar pelas casas de um tabuleiro imenso, com adversários cada vez mais absurdos.​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.