Cinco livros que são presentes para toda a família no Dia dos Pais

Veja seleção de obras infantis que têm como protagonistas figuras paternas

São Paulo

Manda a tradição que, neste domingo, os pais ganhem café na cama, muitos beijos e, se possível, também um presente. Mas já que este tem sido um ano atípico, com rituais revistos, esta pode ser uma boa oportunidade para transformar o Dia dos Pais.

Os livros podem ser uma grande ferramenta de mudança --ao ler um livro para uma criança, os adultos se aproximam mais delas, e todos se beneficiam.

Por isso, a Folha sugere cinco obras que têm como protagonistas figuras paternas e e que, de quebra, ainda ensinam importantes lições, tanto para pais, quanto para filhos.

Amoras
Emicida, Companhia das Letrinhas, 44 páginas, R$ 23,82

Capa do livro "Amoras", de Emicida
Capa do livro "Amoras", de Emicida - Reprodução


Um livro de pai para filha, para falar de amor em família, representatividade e autoconfiança. "Amoras" nasceu da relação entre o rapper Emicida e sua primeira filha, Estela.

Originalmente uma música, a história se desdobrou em livro, ilustrado por Aldo Fabrini, e tem início no momento em que pai e filha estão debaixo de uma árvore conversando sobre a beleza das amoras: quanto mais pretas, mais doces.

Uma história para ajudar a vencer o preconceito e ensinar o amor próprio.

Dez Bons Conselhos de meu Pai
João Ubaldo Ribeiro, Companhia das Letrinhas, 56 páginas, R$ 39,90

Capa do livro 'Dez Bons Conselhos de meu Pai', de João Ubaldo Ribeiro
Capa do livro 'Dez Bons Conselhos de meu Pai', de João Ubaldo Ribeiro - Reprodução

Um dos maiores escritores brasileiros, João Ubaldo Ribeiro compartilha neste livro voltado às crianças um pouco de sua infância ao lado do pai, Manuel.

Muito focado na educação do filho mais velho, Manuel fazia com que ele decorasse versos e mais versos, e mostrava que, sempre que se topa com uma palavra desconhecida, é preciso recorrer ao dicionário para entendê-la e apreendê-la. Foi Manuel quem ensinou João a amar os livros, porque mostrou que, por meio deles, é possível sempre saber mais e mais.

Viva as Unhas Coloridas
Alicia Costa e Luis Amavisca, Livros da Raposa Vermelha, 36 páginas, R$ 44,90

Capa do livro "Viva as Unhas Coloridas", de Alicia Acosta e Luis Amavisca
Capa do livro "Viva as Unhas Coloridas", de Alicia Acosta e Luis Amavisca - Reprodução


Sabe aquilo que você adora fazer, mas que, às vezes, os amigos da escola não estão preparados para entender?

Pois, no caso de João, este gosto era por pintar as unhas. E, um dia, porque não compreendiam direito o colega, os outros alunos riram muito dele no colégio.

Nesse mesmo dia, o pai de João decide pintar as unhas também, para ajudar o filho a enfrentar o desafio de se impor e de ser quem se é. Um livro baseado em fatos reais e que busca falar sobre coragem, liberdade e aceitação.

Meu Pai É um Homem Pássaro
David Almond, WMF Martins Fontes, 120 páginas, R$ 49,90

Capa do livro "Meu pai é um homem-pássaro", de David Almond
Capa do livro "Meu pai é um homem-pássaro", de David Almond - Reprodução


Lizzie ainda luta para lidar com a perda da mãe, quando seu pai decide se inscrever no "Concurso do Pássaro Humano", em que concorrentes do mundo todo se encontrarão para testar a possibilidade de pessoas voarem.

É assim que a menina de nove anos entra de cabeça no universo particular de Jack, que acredita de verdade ser um pássaro, e corre pela sala da casa onde mora com a filha agitando os braços, piando e até mesmo comendo minhocas. Uma fábula sobre aceitação, diferença e o poder de união do amor.

Meus Dois Pais
Walcyr Carrasco, Editora Moderna, 48 páginas, R$ 58

Capa do livro "Meus Dois Pais", de Walcyr Carrasco
Capa do livro "Meus Dois Pais", de Walcyr Carrasco - Reprodução


Quando os pais de Naldo se separaram, a decisão foi de que ele moraria com a mãe. Até aí estava tudo bem, mas é quando seu pai começa a dividir apartamento com Celso, um amigo que tem incríveis talentos na cozinha, que as coisas passam a ficar esquisitas para Naldo --ainda mais quando ele também vai morar na mesma casa, depois que a mãe se muda de cidade.

Ao descobrir que o pai é homossexual, a vida do menino vira de cabeça para baixo, mas há ainda boas chances de que tudo se ajeite porque um grande acontecimento vai mostrar a Naldo que diferenças são legais, e que o amor é o mais importante em uma família.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.