Ativista indiana defende protagonismo dos jovens na sociedade

Para Vandana Shiva, currículo universitário precisa ser voltado para o futuro

São Paulo

A doutora em filosofia e ativista do meio ambiente Vandana Shiva defende a importância do protagonismo dos jovens no mundo.

Para tanto, a indiana defende que o sistema de ensino precisa ser transformando, para entrar em acordo com o mundo interconectado e interdisciplinar. Valores como a diversidade, a democracia, a liberdade e a coexistência, afirma, precisam ser ensinados.

Veja mais no vídeo abaixo.

“Os jovens aprendem. Eles viram seus empregos desaparecerem. Eles foram à universidade e estavam desempregados e disseram: o sistema não está funcionando para nós. Mas o nosso currículo universitário precisa ser muito mais voltado ao futuro. Está muito preso ao passado (...), não podemos nos dar o luxo de ficar encaixotados”, diz Shiva.

A indiana foi conferencista do Fronteiras do Pensamento 2012.

Na temporada 2019, o ciclo de conferência apresenta Graça Machel, Paul Auster, Roger Scruton, Denis Mukwege, Janna Levin, Werner Herzog, Contardo Calligaris e Luc Ferry. Ingressos à venda.
 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.