Feminismo contemporâneo ignora desejo da mulher de ser mãe, diz Camille Paglia

Para escritora americana, há preconceito contra as que optam por ter filhos

São Paulo

O movimento feminista contemporâneo deixa de lado o desejo das mulheres de ter filhos. A opinião é da escritora feminista americana Camille Paglia.

No vídeo abaixo, ela também fala sobre o preconceito que essas mulheres sofrem e as dificuldades que encontram quando tentam conciliar a vida profissional e familiar. 

Paglia esteve no Brasil para participar do Fronteiras do Pensamento em 2007 e 2015. 

Na temporada 2019, o ciclo de conferências apresenta Graça Machel, Paul Auster, Roger Scruton, Denis Mukwege, Janna Levin, Werner Herzog, Contardo Calligaris e Luc Ferry. Ingressos à venda.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.