São Paulo, segunda-feira, 26 de setembro de 2005

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Plínio diz hoje se fica no partido

DA REPORTAGEM LOCAL

Presente ao ato de desfiliação de petistas ontem, Plínio de Arruda Sampaio, candidato virtualmente derrotado na eleição para presidente do PT, afirmou que decide hoje se apoiará algum candidato no segundo turno e se permanecerá no partido.
Sampaio teve 39.096 votos, com 98% das urnas apuradas (13,4%), e ficou em 4 lugar no primeiro turno. Em declarações anteriores, ele havia condicionado sua permanência no PT à uma vitória na eleição. Ontem, ele não quis se pronunciar: "Estou preso numa lealdade de grupo. Vou me pronunciar com o grupo. Mas claro que eu também vou tomar uma decisão pessoal", disse.
Questionado se a presença dele no ato de militantes que trocaram o PT pelo Psol não significava um aceno ao partido da senadora Heloísa Helena, negou: "Meu compromisso é com a luta popular, por isso vim. [A desfiliação] mostra que o governo, com essa sua política, provocou uma desestruturação de um bloco político. Isso é um sinal", afirmou.
O petista se reúne hoje às 10h com integrantes da sua corrente, a Ação Popular Socialista (APS), quando devem discutir as alianças na eleição petista. Com a virada de Raul Pont, da Democracia Socialista, sobre Valter Pomar, da Articulação de Esquerda, na disputa por uma vaga no segundo turno petista, crescem as chances da APS apoiar o primeiro.
Apesar de não ter a declaração formal, Pont já contabiliza os votos de todas as correntes que fizeram oposição ao Campo Majoritário. "Vamos ter boa parte desses votos. Mesmo a transferência não sendo automática, imagino que teremos 170 mil votos contra os 120 mil, 130 mil do Berzoini", disse o candidato. No sábado, Pont recebeu declaração de apoio do senador Eduardo Suplicy (PT), que apoiou Plínio de Arruda Sampaio no primeiro turno.


Texto Anterior: Escândalo do "mensalão"/Dissidências: 400 filiados deixam PT e aderem ao PSOL
Próximo Texto: Escândalo do "mensalão"/Caixa dois: Corretora ligada ao PT é suspeita de lavagem
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.