São Paulo, sexta-feira, 28 de maio de 2004

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

INFÂNCIA

Delegada diz que foi pressionada a não apresentar inquérito à comissão

CPI denuncia vice do AM por coação

KÁTIA BRASIL
DA AGÊNCIA FOLHA, EM MANAUS

O vice-governador do Amazonas, Omar Aziz (PFL), é acusado pela delegada Graça Silva, da Delegacia do Menor, de pressioná-la a não apresentar à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) de Exploração Sexual do Congresso inquérito no qual é citado por uma adolescente em caso de exploração sexual.
Segundo a delegada, a ameaça foi feita por telefone, anteontem, momentos antes de ela entregar documentos à CPI, em Manaus. Por isso, a CPI decidiu denunciar o vice-governador ao Ministério Público Federal por obstrução dos trabalhos da comissão.
Segundo a relatora da CPI, deputada Maria do Rosário (PT-RS), ela e outros parlamentares presenciaram uma seqüência de telefonemas recebidos pela delegada, nos quais Aziz exigia que ela não revelasse à comissão um inquérito que está na 4 Vara Criminal desde junho de 2003.
No inquérito, há o depoimento de uma menina de 15 anos que acusa Aziz de ter feito um programa por R$ 150. Ela cita ainda outros políticos e empresários.
Graça Silva atendeu duas ligações por volta das 19h30 (20h30 em Brasília), conforme ficou registrado pela ata da CPI. "Ele [o vice Omar Aziz] pediu um inquérito e está me xingando", teria afirmado a delegada no momento dos telefonemas.
"Ele [Aziz] queria que eu fosse à delegacia pegar o inquérito e entregasse a uma pessoa que iria lá", afirmou Graça Silva, que teve queda de pressão e foi atendida por uma equipe de médicos que estava acompanhando os depoimentos. Os trabalhos da CPI foram paralisados por três horas.
A comissão pediu apoio da Polícia Federal para que Graça Silva fosse à delegacia. As deputadas Maria do Rosário e Ann Pontes (PMDB-PA) acompanharam a escolta federal, mas nenhum emissário de Aziz compareceu à delegacia.


Texto Anterior: Reformas vão começar hoje, afirma SPTrans
Próximo Texto: Outro lado: Aziz diz que ligou para delegada, mas nega pressão
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.