UOL


São Paulo, quinta-feira, 18 de dezembro de 2003

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Queda atinge cheque especial e crediário

DA REPORTAGEM LOCAL

Os juros no varejo, que em novembro estavam em 105,13%, no acumulado do ano, devem cair de forma ligeira e atingir 103,51% ao ano, em média, em dezembro. A projeção é da Anefac, entidade de executivos de finanças. Com isso, a queda nas taxas atinge 1,13%.
Nos bancos, os juros do cheque especial devem baixar de 173,62% em novembro para 171,52% em dezembro, em média, ao ano por conta da redução na taxa Selic. Com isso, uma redução de 0,80%.
Os juros cobrados pelos bancos no crédito direto ao consumidor devem sofrer queda de 54,65% em novembro, ao ano, para 53,40% em dezembro.
A Anefac informou ontem como deve ficar, segundo estimativa, a nova taxa para as empresas após a queda dos juros básicos. Para obter capital de giro, a taxa vai cair para 62,15% ao ano, em dezembro. Em novembro estava em 63,46% ao ano, em média.
Para descontar duplicatas as empresas irão pagar agora 64,22% ao ano -em novembro, a taxa estava em 65,54%.
Essas quedas geram economia muito tímida para as contas das empresas, na avaliação de economistas da Anefac.
(ADRIANA MATTOS)


Texto Anterior: Alencar defende juro real de "no máximo 3%"
Próximo Texto: Juro do cheque especial é o mais baixo desde 95
Índice


UOL
Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.