São Paulo, quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

ICMS

Administradores da Louis Vuitton são alvo de processo

DA SUCURSAL DO RIO

A 27 Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio recebeu denúncia do Ministério Público Estadual contra dois administradores do grupo Louis Vuitton sob a acusação de sonegação. Segundo o MP, a investigação da Coordenadoria de Combate à Sonegação Fiscal concluiu que, em 2001, Davide Marcovitch e Marcelo Noschese sonegaram R$ 188 mil relativos ao ICMS.
Segundo a denúncia, a escrituração da sede da empresa LVMH Fashion Group Brasil Ltda. no Rio contabilizava devoluções inexistentes de mercadorias, como forma de reduzir o valor do imposto que seria pago ao fisco.
Procurada, a diretoria da LVHM no Brasil não respondeu às ligações. Segundo funcionários, Marcelo Noschese não é mais diretor há pelo menos dois anos. Davide Marcovitch, presidente da Moët Hennessy na América Latina, empresa de bebidas do grupo, está fora do país.


Texto Anterior: Greve: Funcionários dos Correios rejeitam nova proposta
Próximo Texto: Tecnologia: Operadora da Telefónica terá o iPhone britânicoq
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.