São Paulo, terça-feira, 27 de abril de 2004

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

FEIRAS

Visitante precisa doar alimento; estacionamento também será gratuito

UD abre hoje, sem cobrar entrada

DA REPORTAGEM LOCAL

A 53 edição da UD (Feira de Utilidades Domésticas) começa hoje com outra cara: pela primeira vez, não será cobrado ingresso dos visitantes -a entrada custava R$ 10 (adulto). Também não será preciso pagar pelo estacionamento, que cobrava R$ 14. Tudo será gratuito, ou quase. Quem for ao evento terá de contribuir com um quilo de alimento para entrar no local e preencher um convite -foi impresso 1 milhão.
Na última edição, em 2002, foram 300 mil convites. A feira -a mais antiga do país, ao lado da Fenit, da área de têxteis- termina no domingo. Ocorre no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.
Com base nesses números conclui-se que serão mais pessoas em menos dias de exposição -seis dias, contra dez em 2002. Naquele ano, 500 mil pessoas estiveram no evento. Para este ano, os organizadores fazem contas com base no número de convites impressos -1 milhão-, mas não falam em uma estimativa oficial.
Tem mais: o evento que cresceu apoiado na imagem dos lançamentos tecnológicos não irá expor, desta vez, um único aparelho de TV. Na última edição, há dois anos, ainda existiam eletroeletrônicos expostos na chamada "Casa do Desejo" formada por mercadorias que tinham apelo entre os consumidores.
"A feira é para a dona-de-casa", diz Jair Saponari, diretor do evento. "A Prefeitura de São Paulo cedeu o estacionamento, em comemoração dos 450 anos da cidade, e nós não cobramos o ingresso da feira". Como se paga o custo da UD? A organização não comenta. Cerca de 500 empresas vão expor itens díspares entre si: de utensílios domésticos do Irã a salames da região do Sul do país. (AM)


Texto Anterior: Palocci defende fortalecer quadro fiscal
Próximo Texto: Financiamento: Crédito com desconto em folha cresce 18%
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.