São Paulo, segunda-feira, 15 de junho de 2009

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Elias diz ter sido vítima de ofensa racista

DA REPORTAGEM LOCAL

Elias deixou o gramado do Serra Dourada acusando o atacante Felipe, do Goiás, de ter lhe xingado durante o jogo, usando palavras racistas.
"O número 11, sei lá quem é por que não jogou nada, me xingou de neguinho", gritava o jogador corintiano ao sair do campo do Serra Dourada.
Segundo Elias, o árbitro da partida, Wagner Tardelli, foi testemunha do ocorrido.
"O Tardelli viu. Ele escutou e até me pediu desculpa. O Tardelli me pediu desculpa. Foi no final do jogo. Ele [Felipe] me xingou e foi embora."
O árbitro, no entanto, negou ter ouvido qualquer tipo de xingamento do atacante do Goiás contra o volante do Corinthians. "O Elias saiu dizendo que eu ouvi, mas não. Eu não ouvi nada", falou Tardelli.
"Quero ver o que ele vai fazer", disse Elias, esperando o relato do juiz na súmula.
Já o atacante do Goiás preferiu o silêncio e não se pronunciou sobre as acusações feitas pelo jogador corintiano.


Texto Anterior: Imbatível, Felipe fecha gol e dá ponto ao Corinthians
Próximo Texto: A Rodada: Atlético-MG assume a ponta; Flamengo leva 5 em Curitiba
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.