São Paulo, domingo, 22 de outubro de 2006

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

memória

GP Brasil não ajuda os locais em 1 no grid

DA REPORTAGEM LOCAL

Felipe Massa cravou ontem a 11 pole caseira de um piloto brasileiro. Mas em somente 2 das 10 ocasiões anteriores o pole nacional venceu a prova -em 1974, com Emerson Fittipaldi, e em 1991, com Ayrton Senna.
O último piloto a lutar contra a sina no GP Brasil foi Rubens Barrichello. Em 2004, ele largou em primeiro e com sinal verde para vencer -Schumacher já havia assegurado o título de pilotos. Mas foi o terceiro. Em 2003, ele saiu na frente e liderava, mas parou sem combustível.
Antes de Barrichello, Ayrton Senna já havia sofrido no GP Brasil. O tricampeão mundial fizera a pole quatro vezes (86, 88, 89 e 90) antes de vencer pela primeira vez no país. Dois anos depois, ele repetiu a vitória -a última de um brasileiro em casa-, mas sem sair na pole. Em 94, ano de sua morte, voltou a cravar a volta mais rápida no treino, mas rodou na corrida.
Antes, na edição de 1981, foi a vez do outro tricampeão brasileiro, Nelson Piquet, fazer a pole no GP Brasil e terminar sem pontos. (LF)


Texto Anterior: Peso pode fazer alemão trocar motor
Próximo Texto: Espanhol diz que largar em quarto é sonho
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.