São Paulo, Segunda-feira, 14 de Junho de 1999
Texto Anterior | Índice

Cirurgia de fimose exige ligeira abstinência sexual

JAIRO BOUER
especial para a Folha

"Tenho 13 e vou ter de fazer uma cirurgia de fimose. Gostaria de saber o que acontece após a operação. Dizem que não se pode ter ereção porque dói muito. Quanto tempo de "abstinência" é preciso depois da cirurgia? Estou muito preocupado com essa história!"

resposta Calma, rapaz! Primeiro, é legal lembrar que a cirurgia para correção da fimose é um procedimento simples, rápido, feito com anestesia local e dispensa internação.
Quem ainda não sabe o que é fimose? A cabeça do pênis (glande) nasce recoberta por uma pele (prepúcio). Na extremidade do prepúcio existe um orifício, por onde a glande sai. Em alguns garotos, o orifício é muito estreito e dificulta ou até impossibilita a saída da glande. A fimose causa incômodo, dor e dificulta a higiene diária da glande -não fazer essa higiene causa uma infecção muito desagradável. Depois da cirurgia, a glande fica aparente. E, logo após a operação, o pênis não deixa de ter ereções. Você sabia que, durante a noite, todo garoto têm, em média, três ou quatro ereções involuntárias? Elas acompanham uma fase do sono que se chama REM (movimentos rápidos dos olhos). Portanto, logo na noite seguinte à cirurgia, o senhor, provavelmente, vai ter uma ereção e nem vai ter percebido. Pode doer um pouquinho, mas é bem pouco. A pele que recobre o pênis é bastante flexível e aguenta bem o aumento de tamanho que ocorre durante as ereções.
Os médicos recomendam um período de abstinência sexual (sem masturbação e transas) até que o local esteja bem cicatrizado. Isso pode levar de 15 a 30 dias. Dá para segurar a onda um pouquinho, não dá?


Jairo Bouer, 33, é médico. Se você tem dúvidas sobre saúde, escreva para o Folhateen ou mande e-mail para jbouer@uol.com.br


Texto Anterior: Cursos técnicos: Ceeteps abre inscrições para o seu vestibulinho em 28/6
Índice

Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Agência Folha.