São Paulo, quarta-feira, 04 de outubro de 2006

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Mônica Bergamo

bergamo@folhasp.com.br

Leonardo Wen/Folha Imagem
CIRANDA Batizado de "Trilhas", o CD que celebra os 50 anos de carreira do percussionista Naná Vasconcellos tem mais um lançamento no espetáculo "Corpos de Luz", no teatro do Colégio Santa Cruz, amanhã e sexta; entre as surpresas do CD, uma faixa escrita pelo pajé Kaká Werá Jecupé e arranjada por Naná

Completa tradução
Gilberto Gil não deve permanecer no Ministério da Cultura caso Lula seja reeleito. O primeiro sinal da decisão, que ele ainda não tornou pública, partiu da filha dele, Maria, que morava em Brasília e era secretária particular do pai. Ela deixou a cidade e voltou a morar no Rio para ser produtora do Tom Brasil.

COMPLETA TRADUÇÃO 2
Caetano Veloso sempre surpreendendo: declarou voto em Lula (PT-SP) no primeiro turno em 2002, e em José Serra (PSDB-SP) no segundo turno; agora, diz que votou no tucano Geraldo Alckmin no primeiro turno, mas já pensa em votar em Lula no segundo. Só que ainda pode mudar.

ACORDO ROMPIDO
De um dos parlamentares mais bem votados do PT no país em jantar com empresários, anteontem: "Vamos ser claros. Existia um acordo entre nós [PT] e o PSDB: o próximo governo era nosso, do Lula. O de 2010 seria do José Serra ou do Aécio Neves, sem problemas. Com a vitória do Alckmin, esse acordo será rompido. E o Alckmin vai ter derrotado o Serra, o Aécio, o Fernando Henrique Cardoso, o Lula, todo mundo". A platéia ouvia, algo perplexa.

GUERRA
O parlamentar continuou: "O Alckmin, se eleito, não vai governar. O PT não vai dar trégua no Congresso. A CUT, o MST, os movimentos sociais, não vão dar trégua nas ruas". A perplexidade só aumentou.

MÁ NOTÍCIA
No mesmo jantar foi dito que o PT está preparado para uma má notícia nas próximas pesquisas: a de que Alckmin tenha empatado ou até superado o presidente Lula nas intenções de votos. "Mas o PT vai para as ruas", disse o parlamentar.

FLOR E ESPINHO
Se Marta Suplicy comemora a eleição de sete deputados federais ligados a ela, Aloizio Mercadante só tem motivos para lamentação: não há nenhum parlamentar da bancada eleita claramente ligado a ele.

CHEGUEI!
Clodovil já prepara o desembarque em Brasília: sua assessoria está atrás de uma equipe para decorar seu novo lar na capital federal. "Clô" ainda não sabe se vai morar num apartamento mais central, na Asa Sul, ou numa das mansões do Lago Sul, com piscina e tudo. A arquiteta já sondada por sua assessoria procura imóveis nos dois lugares.

CHANTILLY
A Rede Record não nega a sondagem: Daniella Cicarelli é um dos possíveis nomes para a versão brasileira do reality show "The Simple Life". A modelo Caroline Bittencourt, que foi convidada a se retirar por Cicarelli do casamento com Ronaldo, em Paris, também é cotada para a série. As duas poderiam, assim, contracenar.

NA FILA
O booker Ângelo Nunes pretende processar por discriminação e preconceito o cinema Bristol, do shopping Center 3. Ele conta que, no último domingo, foi insultado pela atendente e maltratado pelo gerente. "A menina achou que eu estava furando fila e me xingou de bicha louca", diz. O cinema diz que está apurando os fatos e não quis comentar o assunto.

QUASE CASADOS
Noiva de Marcos Buaiz desde a semana passada, Wanessa Camargo avalia agora outro "pedido": recebeu convite da Record para protagonizar a próxima novela das oito da emissora, "Vidas Opostas". Ela seria Joana, líder comunitária de uma favela no Rio.

SESSÃO BRASIL 1
A 30 Mostra de Cinema reclama: a Secretaria de Cultura de SP prometeu e não liberou R$ 330 mil nos últimos três anos ao festival. "Foi um acordo verbal e nós contamos com o dinheiro", diz Leon Cakoff, diretor da mostra. A secretaria nega: diz que não há dívidas com o festival. Mas promete patrocinar a edição deste ano com R$ 280 mil.

SESSÃO BRASIL 2
A mostra, que começa no dia 20, terá uma retrospectiva com 14 filmes de Joaquim Pedro de Andrade, como "Macunaíma" (1969) e "O Padre e a Moça" (1965). As cópias restauradas nunca foram exibidas no Brasil.

PÊNDULO
A obra "Objeto Cinético" (1986), de Abraham Palatinik, foi retirada da mostra "MAM na Oca". É que uma das partes da peça se partiu. O MAM descarta a possibilidade de vandalismo -29 seguranças circulam na Oca. "A obra é da década de 80. A hipótese mais provável é desgaste pelo tempo", diz o coordenador curatorial Andrés Hernández. Restaurada, ela será devolvida à exposição.

CURTO-CIRCUITO

A EXPOSIÇÃO "SILÊNCIO", com obras de Christian Brieu, fica em cartaz de amanhã ao dia 27, na galeria Aliança Francesa.
O MÚSICO ALDIR BLANC lança o livro "Rua dos Artistas e Transversais", no Villagio Café, na Boa Vista, hoje, às 20h.
O BAR GENI, na rua Bela Cintra, promove a exposição "Estampas", com imagens do fotógrafo Vidal Cavalcante.
O APRESENTADOR ZECA CAMARGO lança hoje o livro "De A-Ha a U2", no Teatro-Auditório do SESC da Paulista, às 20h.
OS CHEFS ADRIANO Kanashiro e Pascal Valero pilotam o festival Paris-Tóquio, hoje e amanhã, no hotel Grand Hyatt.
A ONG MOVIMENTO do Ministério Público Democrático faz festa em comemoração dos 15 anos, hoje, às 19h30, no MAM.
ANTONIO E EDUARDO AMARO organizam missa e almoço em comemoração dos 70 anos da maternidade Pro Matre.


Texto Anterior: Saiba mais: Grupo inglês planeja criar o Partido da Rave
Próximo Texto: João Pereira Coutinho
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.