São Paulo, terça-feira, 04 de setembro de 2007

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

PAQUISTÃO

Militantes pró-Taleban detêm 300 soldados

DA REDAÇÃO

Cerca 300 soldados e funcionários governamentais paquistaneses estão sendo mantidos reféns desde a última quinta-feira por militantes pró-Taleban em uma região tribal perto da fronteira com o Afeganistão, informaram ontem membros do governo do Paquistão. A confirmação do seqüestro foi a primeira admissão de Islamabad de que o grupo fora detido por radicais.
Para conseguir a libertação dos reféns, o governo pediu a líderes de tribos regionais que intercedam. Os radicais exigem que o Exército se retire da região do Waziristão do Sul e liberte 15 de seus membros que estão atualmente sob custódia do governo.


Com "New York Times"


Texto Anterior: América Latina: Lula e Chávez marcam reunião em Manaus
Próximo Texto: Japão: Cai 3 ministro da Agricultura em 4 meses
Índice


Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.