São Paulo, sábado, 10 de julho de 2010

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

CAMPANHA PETISTA

Erro humano fez texto radical ser entregue, diz Dilma

DO RIO - A candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou ontem que houve erro humano no PT quando foi apresentada ao TSE versão errada de seu programa.
"Só os que erram sistematicamente é que acham que não se erra. Como qualquer erro humano, são bem banais. Não são arquitetados", disse, em entrevista à rádio Tupi, do Rio.
A petista tentou minimizar o fato de ter chancelado versão mais radical do programa, ao afirmar que não a assinou, mas sim rubricou as páginas do documento. O texto foi substituído por outro sem os pontos polêmicos.
Anteontem, em São José do Rio Preto, ela defendeu um "controle público" da mídia, sem detalhar como ele seria.
"Eu acho que, em qualquer segmento, não se trata de controle social, mas de controle público. E isso existe hoje no Brasil, como, por exemplo, o marco regulatório no setor do petróleo e de energia elétrica."


Texto Anterior: Campanha tucana: Serra promete não mexer na regra de royalty do petróleo
Próximo Texto: "O candidato sou eu", afirma Anastasia
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.