Coleção Folha narra epopeia familiar nos EUA e na Índia

'Aguapés', de Jhumpa Lahiri, é o 29º volume

AMANDA LUZ
São Paulo
A escritora inglesa Jhumpa Lahiri na Flip de 2014 - Raquel Cunha/Folhapress

As vidas de quatro gerações de uma família se entrelaçam às histórias da Índia e dos Estados Unidos em "Aguapés", segundo romance de Jhumpa  Lahiri, que chega no domingo (25) às bancas pela Coleção Folha Mulheres na Literatura.

A autora americana de origem bengali, vencedora do Pulitzer em 2000, inicia a saga familiar com a história de Subhash e Udayan, dois irmãos com apenas 15 meses de diferença de idade que crescem na Calcutá dos anos 1950.

Udayan, o mais novo, é o irmão corajoso que se envolve no movimento político radical dos anos 1960, durante a universidade. No mesmo período, Subhash decide se mudar para Rhode Island e seguir carreira acadêmica. As decisões de cada um vão marcar o destino de ambos e envolverá também as gerações futuras.

"Surpresas e retornos mantêm a leitura em estado de alerta, e a verdade de cada um, ao vir à tona, mostra como não é contraditório ficar junto e se sentir só ou escolher a solidão e se sentir acompanhado," escreve Cássio Starling Carlos, crítico da Folha que assina a contracapa da edição.

A trama se estende por mais de 40 anos, desenvolvendo temas universais como diferenças culturais e políticas, indivíduo e nação, masculinidade e feminilidade.

Filha de pais indianos, Lahiri nasceu em 1967 em Londres e cresceu nos EUA. Ganhou prestígio internacional com o livro de estreia, a coleção de contos "Intérprete dos Males".

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.