Descrição de chapéu rock Rock in Rio música

Live Nation adquire participação do Rock in Rio

Segundo comunicado da empresa de entretenimento, Roberto Medina continuará à frente do festival

Amanda Nogueira
São Paulo

A Live Nation adquiriu uma participação do Rock in Rio, anunciou nesta quarta-feira (4) a líder no mercado global de entretenimento ao vivo.

Segundo a assessoria do festival, a empresa comprou 50% dos ativos, cota que pertencia à SFX  Entertainment, que após recuperação judicial passou a se chamar LiveStyle.

"Estamos muito satisfeitos em reunir o maior festival de música do mundo com a maior empresa de entretenimento do planeta", disse Roberto Medina, fundador e presidente do Rock in Rio, em comunicado divulgado pela Live  Nation .

"A parceria gerará uma série de sinergias que permitirão a realização de ainda maiores ambições para o Rock in Rio. Somos duas empresas com uma visão global unificada e a capacidade de alcançar grandes sonhos", completou o brasileiro.

Segundo a publicação, Medina e sua equipe continuarão sendo as principais partes interessadas no Rock in Rio e os responsáveis por gerenciar a produção do festival.

A empreitada é mais uma iniciativa da expansão da Live Nation pelo território sul-americano, após a estreia de sua operação solo no Brasil com a turnê de Foo  Fighters com Queens of  the Stone Age, em fevereiro.

Até então, a empresa realizava espetáculos com intermediárias regionais, como a Time for Fun (T4F), com a qual promoveu turnês de artistas como Justin Bieber, em 2017, e a Move Concerts, parceira nos recentes shows de Phil Collins.

A Live Nation atua em mais de 40 países e possui sua própria divisão de vendas e distribuição de ingressos, a Ticketmaster. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.