Descrição de chapéu Artes Cênicas

Peça reúne e estilhaça universo de Nick Cave em clima intimista em SP e no Rio

Espetáculo dos Trovadores do Miocárdio aquece a vinda do australiano, em outubro

Trovadores do Miocárdio
Em pé, Ian Uviedo e Eduardo Beu; sentados, Carolina Borelli e Rodrigo Carneiro  - Johnny Macedo/Divulgação
João Paulo Martins
São Paulo

"Onde houver dois ou mais reunidos, eu estarei no meio de vocês" —o versículo bíblico de Mateus adaptado por Nick Cave em seu texto "The Love Song", de 1999, dá início ao espetáculo que será apresentado pelo grupo Trovadores do Miocárdio nesta quarta-feira (19), no Bar Balsa, em São Paulo.

Criado e dirigido por Eduardo Beu, o grupo, que se inspira nos poetas beatniks, escolheu o local pela sua decoração e iluminação baixa —pontos que, na visão do diretor, trariam um maior diálogo com a poesia de Cave.

Foi pensando na estética da apresentação que ele reuniu nomes como os dramaturgos Mário Bortolotto e Fausto Fawcett para declamarem fragmentos da obra de Cave e outros textos autorais inspirados no cantor australiano, que se apresenta no Brasil no próximo dia 14 de outubro.

Para o diretor, que chama o projeto de "intervenção literária", a ideia central dos Trovadores é transformar a memória poética de Cave em um espetáculo sensorial que utilize elementos cênicos.

Dessa forma, conta, os declamadores dos fragmentos poéticos podem ter uma "catarse real no seu contato com o público". Segundo Beu, que ainda convidou a cantora Juçara Marçal para ler um poema sobre o abandono, a concepção da peça veio da vontade de ressaltar a importância do músico como escritor. "Acredito que essa seria a melhor forma de transformar o abstrato literário do Nick para algo mais palpável", diz.

A apresentação também marca o pré-lançamento de "The Sick Bag Song", o mais recente livro do músico, escrito durante turnê em 2014. A versão traduzida para o português pela editora Terreno Estranho chega às livrarias no dia 29 de setembro.

Trovadores do Miocárdio

Qua. (19), às 19h, no Bar Balsa, r. Capitão Salomão, 26, centro, São Paulo. Sáb. (22), às 19h, no Clube Manouche, r. Jardim Botânico, 983, Rio de Janeiro. Ingr.: R$ 40 (SP) R$ 60 (RJ). 16 anos

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.