Cantor Charles Aznavour morre aos 94 na França

Compositor da música 'She', era conhecido como o 'Frank Sinatra' francês

Charles Aznavour morreu nesta segunda (1º) em Paris Hamad I Mohammed/Reuters

São Paulo | Com agências de notícia

Charles Aznavour morreu nesta segunda-feira (1º) em Mouriès, no sul da França. A informação foi confirmada por um porta-voz à mídia francesa. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Aos 94, a carreira do cantor continuava ativa. Em seu site oficial, tinha shows marcados de outubro deste ano até junho de 2019, em lugares como Kiev, Bruxelas e Tel Aviv.

O jornal Le Monde escreve que Azvanour "era a França".

"Uma França internacional, terra acolhedora, que sabe ensinar aos seus filhos valores fundamentais, mas também charmosa, com um romantismo sexy e com um tipo de leveza que equilibra o norte introvertido e o sul extravagante."

O cantor francês Charles Aznavour segura exemplar de sua autobiografia - Jens Schlueter/AFP

Aznavour esteve recentemente no Brasil, em março de 2017. Fez shows no Rio e em São Paulo. Esteve no país também em 2008, passando por cidades como Recife, Fortaleza e Goiânia, além de Rio de Janeiro e São Paulo.

Uma pesquisa realizada em 1998 pelo canal de TV CNN e pela revista Time apontou Aznavour como "o cantor popular mais importante do século 20", na frente de ícones como Elvis Presley, Bob Dylan e Frank Sinatra. Ele vendeu mais de 180 milhões de discos e escreveu 1.300 músicas em várias línguas.

Em 2017, o cantor francês ganhou uma estrela na calçada da fama em Hollywood.

Sua estrela é a número 2.618 no famoso Hollywood Boulevard, em frente ao teatro histórico Pantages, em Los Angeles, cujos espetáculos são exclusivamente dedicados às comédias musicais.

A Câmara de Comércio de Hollywood divulgou um comunicado afirmando estar orgulhosa em anunciar que Aznavour entra para a constelação. "Charles Aznavour é um artista popular, conhecido no mundo inteiro e amado por milhões de fãs de todas as gerações", declarou Ana Martinez, produtora das cerimônias na calçada mais famosa do planeta.

Como ator, trabalhou em cerca de 80 filmes. Protagonizou "O Último dos Dez" (1974), baseado num romance de Agatha Christie e esteve em "O Tambor" (1979), vencedor do Oscar de melhor filme em língua estrangeira. Também fez a voz do protagonista da animação "Up - Altas Aventuras" (2009).

Nascido Shahnour Varinag Aznavourian, em Paris, era filho de pais armênios. Vendeu mais de 100 milhões de discos em 80 países.

A princípio, seus pais haviam se estabelecido na França temporariamente, enquanto aguardavam a liberação de um visto para os Estados Unidos, em meio à diáspora armênia. Acabaram permanecendo em Paris.

Seus pais organizavam espetáculos com seus amigos imigrantes. Aznavour começou sua carreira artística em uma dessas peças, junto com a irmã.

No início da carreira, conheceu Edith Piaf, para quem escreveu diversas músicas e se tornou seu empresário.
 

Erramos: o texto foi alterado

Charles Aznavour morreu no sul da França e não em Paris, como a reportagem havia informado

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.