Descrição de chapéu Crítica

Extravagâncias prejudicam thriller baseado em best-seller

'A Garota na Névoa' faz crítica à imprensa sensacionalista e ao fanatismo religioso

Alexandre Agabiti Fernandez
São Paulo

Autor de best-sellers de suspense, o italiano Donato Carrisi —que também é roteirista de cinema e televisão— só conseguiu levar às telas este roteiro depois de transformá-lo em um romance de enorme sucesso na Europa e nos EUA.

A Garota Na Névoa (La Ragazza nella Nebbia)

  • Quando Estreia nesta quinta (8)
  • Classificação 14 anos
  • Elenco Toni Servillo, Jean Reno, Alessio Boni
  • Direção Donato Carrisi

Ao mesmo tempo, Carrisi faz uma crítica à imprensa sensacionalista e ao fanatismo religioso —a garota desaparecida, sua família e boa parte da população do lugarejo pertencem a uma comunidade católica tradicionalista.

A combinação desses elementos estabelece uma atmosfera tensa, sombria e ambígua, condensada metaforicamente na “névoa” do título, que a fotografia e a direção de arte realçam o tempo todo.

A narrativa se baseia em flashbacks a partir da conversa entre o detetive Vogel (Toni Servillo) e o psiquiatra forense (Jean Reno) na delegacia. O relato de Vogel recompõe a investigação do desaparecimento, caracterizada pela onipresença de um batalhão de jornalistas, que desemboca em dois suspeitos: primeiro um jovem problemático e depois um pacato professor de literatura, Loris Martini (Alessio Boni), que se encaixa perfeitamente no perfil do falso culpado.

Sem mostrar a violência, Carrisi começa a trabalhar o suspense dosando as informações que entrega ou não, como num jogo de luz e sombra, e assim captura a atenção. Mas o desenvolvimento da trama desanda à medida que a história avança. Surgem reviravoltas, várias delas confusas e pouco razoáveis, que diminuem a adesão do espectador e prejudicam o ritmo.

O desenlace extravagante, enfraquecido pelo fato de ser precedido por situações que se revelam falsos desfechos, é o coroamento da intenção equivocada de Carrisi: tentar manter o suspense confundindo a qualquer preço.

O melhor do filme acaba sendo a ênfase nos métodos do vaidoso Vogel —que não está preocupado em desvendar o mistério, mas em encontrar um bode expiatório para entregar à opinião pública— e nas maquinações dele com a imprensa, que se metamorfoseiam ao sabor das reviravoltas.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.