Descrição de chapéu Televisão

Nova série de comédia, 'Pais de Primeira' dá tom moderno ao papel de pai e mãe

Coescrita por Antonio Prata, produção estreia neste domingo (18) na Globoplay

Leonardo Sanchez
São Paulo

Antonio Prata escrevia crônicas sobre seus filhos Daniel e Olivia, de três e cinco anos, com frequência na Folha. Enquanto isso, preparava uma série sobre um casal. Após receber reações positivas dos leitores, decidiu incluir um bebê na vida dos protagonistas, definindo, então, o tema da comédia “Pais de Primeira”.

Disponível na Globoplay, plataforma de streaming da emissora a partir deste domingo (18), e com estreia na TV aberta prevista para o dia 25, o primeiro episódio da série acompanha a descoberta da gravidez da workaholic Taís, vivida por Renata Gaspar. 

Casada com Pedro (George Sauma), que acabou de pedir demissão para viver o sonho de montar uma banda ao lado do melhor amigo, ela é pega de surpresa pela notícia.

Nos capítulos seguintes, o seriado mostra as dificuldades do casal em conciliar o bebê com o trabalho, a busca desesperada por cursos e livros sobre o assunto e a relação —muitas vezes conturbada— com os avós da criança, vividos pelos atores Marisa Orth e Daniel Dantas e Heloisa Perissé e Nelson Freitas. 

“Nós não vamos discutir novos formatos de família, mas novos papéis dentro de um velho formato, com um homem, uma mulher e uma criança”, diz Prata, 41. “A função do pai hoje é muito diferente do que era antigamente. Antes eles tinham que ajudar, agora têm que dividir as tarefas.”

Segundo ele, Pedro é “o noiado e Taís é a pragmática, a mais pé no chão”. 

Como não poderia deixar de ser, Prata colocou no seriado um pouco de sua experiência como pai. “Uma vez que se cria personagens ficcionais, a trama se torna ficcional, mas todos nós partimos de um sentimental, de algumas referências próprias para criar a história em cima delas”, afirma.

Ele diz esperar que os pais de primeira viagem possam aprender algo com o programa. “Muito do que se tem produzido sobre o assunto ultimamente tem um papel grande de desmistificar essa experiência”, diz ele aos mais assustados.

Além de Prata, responsável pelo roteiro final do seriado, participam da concepção da história Chico Mattoso, Thiago Dottori e Bruna Paixão. A também colunista do jornal Tati Bernardi, porém, esteve na formação inicial da turma.

Quando foi chamada para integrar a equipe que conceberia a série, Bernardi, 39, era a única entre os roteiristas que ainda não tinha filhos. 

Suas tentativas de engravidar inicialmente foram então a inspiração para um esboço de personagem, uma mulher na mesma situação da escritora, que mais tarde acabou caindo fora da trama.

Assim que o piloto da série foi finalizado, uma surpresa: Bernardi estava grávida e sairia de licença-maternidade, deixando a equipe de criação

“Os problemas de ter um bebê são universais, mas o seriado vai mostrar uma mulher mais moderninha”, explica ela, hoje mãe de Rita, de dez meses. 

Bernardi, que colaborou com “Pais de Primeira” antes de conhecer a maternidade, agora diz que está vivendo muito do que há no roteiro. “O seriado mostra que todo mundo erra e que isso é normal.”

Sob a direção criativa de Luiz Henrique Rios e Flavia Lacerda e direção geral de Rios e Daniela Braga, serão seis episódios na primeira temporada.

Os roteiristas, contudo, já trabalham em uma segunda temporada para o programa, que deve ter 14 episódios.

Pais de Primeira

  • Quando Disponível na Globoplay a partir deste domingo (18). Estreia na TV Globo, à tarde, após “Escolinha do Professor Raimundo”, em 25 de novembro
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.