Descrição de chapéu Artes Cênicas

Alê Youssef suspende processo aberto por Sturm contra Instituto Odeon

Interrupção da investigação é temporária, enquanto novo secretário municipal de Cultura avalia o caso

Detalhe do Theatro Municipal de São Paulo
Detalhe do Theatro Municipal de São Paulo - Eduardo Knapp/Folhapress
São Paulo

O secretário Municipal de Cultura, Alê Youssef, decidiu reverter uma decisão de André Sturm, seu antecessor. Está suspensa, temporariamente, a investigação contra o Instituto Odeon, organização social responsável pelo Theatro Municipal de São Paulo.

 O ex-secretário havia rompido o contrato com a organização em novembro do ano passado e pedido uma apuração sobre as contas do instituto. Sturm é investigado por improbidade por conta dessa decisão —à Folha, se defendeu dizendo que o rompimento era previsto em contrato e que faltava transparência nas prestações de contas do instituto. Ele também falou de erros administrativos e de um relacionamento desgastado.

Em nota, Youssef disse que resolveu suspender o processo para evitar a paralisação do espaço. Com o rompimento do contrato, o Instituto Odeon deixaria a gestão do Municipal no dia 9 de fevereiro —e, como o novo edital foi questionado, não haveria organização para substitui-lo.

O novo secretário diz que vai analisar todo o processo e pediu à Fundação Theatro Municipal um relatório sobre os métodos internos de fiscalização e controle. Ele também determinou que o Instituto Odeon publique suas prestação de contas em seu site.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.