Descrição de chapéu Obituário Edyr de Castro (1946 - 2019)

Ex-integrante das Frenéticas, cantora e atriz Edyr de Castro morre no Rio

Aos 72, ela sofria de Alzheimer e vivia no Retiro dos Artistas

A cantora Edyr de Castro, ex-Frenéticas
A cantora e atriz Edyr de Castro, ex-Frenéticas - Reprodução
 
São Paulo

​A atriz e cantora Edyr de Castro, integrante do grupo As Frenéticas, morreu nesta terça-feira (15), de  falência de múltiplos órgãos, no Rio de Janeiro. Ela tinha 72 anos, sofria de Alzheimer e vivia no Retiro dos Artistas.

As Frenéticas fizeram sucesso nos anos 1970. O jornalista Nelson Motta reuniu seis garotas (Sandra Pêra, Leiloca, Lidoka, Dhu Moraes, Edyr de Castro e Regina Chaves) para serem garçonetes e fazerem performances na boate The Frenetic Dancing Days Discothèque. As Frenéticas só viraram um grupo vocal pop após o fechamento da casa. ​

Entre os hits do grupo estão "Dancin Days" e "Perigosa". 

Como atriz, Edyr de Castro trabalhou em novelas como "Por Amor" (1997) e "Cabocla" (2004). 

Leiloca publicou no Instagram uma foto da colega de Frenéticas com a mensagem "Vai na Luz".

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.