Morre aos 82 anos o ator Albert Finney, cinco vezes indicado ao Oscar

Britânico que estrelou 'Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas' ganhou três Globos de Ouro

São Paulo | agências de notícias

O ator britânico Albert Finney morreu aos 82 anos nesta quinta (8), informou o porta-voz da família do artista indicado cinco vezes ao Oscar e ganhador de três Globos de Ouro.

Finney "morreu pacificamente após uma breve doença, e as pessoas mais próximas a ele estavam a seu lado", afirmou o porta-voz.

O ator morreu por complicações de infecção pulmonar. Em 2011 ele havia descoberto um câncer nos rins.

Ele cresceu em Manchester, no noroeste da Inglaterra, e estudou na Royal Academy of Dramatic Art. 

Deu seus primeiros passos no teatro, trabalhando em obras de William Shakespeare e, ao longo de sua carreira, combinou a tela grande com os palcos.

Suas cinco indicações ao Oscar foram por "Tom Jones" (1963), "Assassinato no Expresso Oriente " (1974), "O Fiel Camareiro" (1983) e "À Sombra do Vulcão" (1984), como melhor ator, além de melhor ator coadjuvante por "Erin Brockovich, Uma Mulher de Talento" (2000).

Entre seus filmes mais recentes estão "Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas" (2003), "O Ultimato Bourne" (2007) e "007 Operação Skyfall" (2012).

Finney se casou três vezes. No fim dos anos 1950, com a atriz inglesa Jane Wenham, e, nos anos 1970, com a atriz francesa Anouk Aimée. Em 2006, casou-se com a agente de viagens Pene Delmage. Além da mulher, deixa o filho Simon, de seu primeiro casamento.

O ator Albert Finney com o prêmio honorário do Bafta em 2001 - Reuters
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.