Descrição de chapéu Cinema Moda Oscar 2019

Rainhas usam jeans nos filmes de época indicados ao Oscar

Tecido compõe os trajes exuberantes de monarcas e os uniformes de seus empregados

Fernanda Ezabella
Los Angeles

​O jeans, quem diria, está na moda nos séculos 16 e 18. Os dois filmes de época indicados ao Oscar de melhor figurino, “Duas Rainhas” e “A Favorita”, usaram o tecido para fazer trajes exuberantes de monarcas e os uniformes de seus empregados.

A britânica Sandy Powell, vencedora de três estatuetas do Oscar, já recebeu um total de 14 indicações ao prêmio e, neste ano, concorre por “A Favorita” e “O Retorno de Mary Poppins”. No último domingo (10), ela ganhou o Bafta pelo primeiro —na premiação, ela também concorria com os dois longas.

“Sandy mandou sua equipe comprar todas as peças possíveis de jeans que existiam nos brechós da Inglaterra. Tudo foi então descosturado e costurado novamente”, contou o estilista Nick Verreos, porta-voz do museu Fashion Institute of Design & Merchandising.

Um vestido preto que parece feito de couro, usado pela personagem da atriz Emma Stone em “A Favorita”, é na verdade um jeans tingido. Já o detalhe que é supostamente feito de renda branca é vinil cortado a laser.

Apesar de criado séculos atrás na Europa, o denim só ganhou a sua cara atual no século 19, com a invenção da calça jeans nos Estados Unidos.

O denim também está nos vestidos da britânica Alexandra Byrne para “Duas Rainhas”. Ela já ganhou um Oscar em 2008 por “Elizabeth: A Era de Ouro”, de 2007.

“Os figurinistas estão pensando fora da caixa. É uma maneira de fazer com bem menos e em pouco tempo”, disse Verreos. “Antigamente, as pessoas dormiam, trabalhavam e viviam em suas roupas. A roupa se moldava ao corpo. Qual outro material melhor do que jeans para imitar isso tudo?”

As britânicas disputam o Oscar com Ruth E. Carter e com a também americana Mary Zophres, que assina os figurinos do faroeste dos irmãos Coen “A Balada de Buster Scruggs”.

Cena de 'Duas Rainhas'
Cena de 'Duas Rainhas' - Divulgação
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.