Descrição de chapéu The New York Times Televisão

Série 'You', que mofava na TV a cabo, ganhou fôlego ao entrar na Netflix

Empresa abre dados de audiência e causa burburinho ao dizer que 40 milhões viram a produção

John Koblin
Nova York | The New York Times

​O produtor Greg Berlanti passou o outono americano tentando salvar seu drama "You", exibido pela TV a cabo.

A série estreou no canal Lifetime em setembro, mas a audiência era praticamente inexistente: mais ou menos 650 mil pessoas assistiam a cada episódio do suspense sobre um "stalker", interpretado por Penn Badgley. O próprio Berlanti, graças a séries como "Riverdale", "Arrow" e "Blindspot" um dos produtores mais prolíficos e bem-sucedidos da televisão, reconheceu em entrevista que "praticamente ninguém via" sua criação.

Ele fez várias ligações a executivos da Lifetime pedindo paciência e apresentando seus argumentos em favor de uma segunda temporada. Não foi o bastante. No início de dezembro a Lifetime anunciou que não levaria "You" adiante.

Mas alguma coisa aconteceu logo após o Natal. "You" começou a repercutir nas redes sociais. As pessoas começaram a procurar a série online. Sites escreviam sobre a série. O que mudou? "You" foi parar na Netflix.

Greg Berlanti ouviu amigos e familiares comentando que estavam curtindo sua nova série, ignorando o fato de que estreara meses antes disso.

"Com frequência isso está em proporção direta com a idade das pessoas", ele comentou. "Quanto mais jovens são, mas elas comentam a série como se não tivesse existido antes de 26 de dezembro."

Na semana passada a Netflix declarou que "You" atraiu o tipo de público que a converte em "sucesso enorme". O serviço de streaming disse que "You" seria vista por 40 milhões de assinantes em suas quatro primeiras semanas no serviço.

A revelação sobre a audiência da série na Netflix —uma das poucas ocasiões em que a empresa divulgou dados— provocou uma espécie de terremoto no setor.

Esses números seriam dignos de crédito? Seria realmente possível que uma série que estreou na TV a cabo praticamente não teve audiência até começar a ser exibida pela Netflix, que hoje tem 139 milhões de assinantes pagos, dos quais 58,5 milhões nos EUA? A Netflix já é uma rede de televisão e um estúdio de cinema. Estaria ela um passo mais perto de, concretamente, virar televisão, ela própria?

Daniel D'Addario, um crítico de televisão da Variety, sugeriu: "O fato de 'You' mal ter conseguido sobreviver na Lifetime e ser visto pelo público espectador como uma criação original da Netflix vai ser lembrado como grande marco na contração da indústria da televisão que vai acontecer em breve".

E é bom ressalvar que a Lifetime não é exatamente um cemitério de audiência. Seu documentário "Surviving R. Kelly" está sendo um dos primeiros sucessos deste ano.

No fim de semana, executivos de TVs rivais objetaram dizendo que a cifra de audiência divulgada pela Netflix não quer dizer quase nada. A Netflix explicou que cada um desses 40 milhões de espectadores assistiu a pelo menos 70% de um episódio.

Não se sabe como esses 40 milhões se traduziriam em uma cifra de audiência tradicional. Em média 12,7 milhões de pessoas assistiram à temporada atual de "The Big Bang Theory", mas um número muito maior de pessoas viu pelo menos trechos de um episódio. Poucas pessoas no setor de televisão dariam grande importância a uma cifra desse tipo.

Procurada para dar sua opinião, a Lifetime citou uma declaração anterior que divulgou quando encerrou sua relação com "You", dizendo: "Desejamos tudo de bom ao elenco e à equipe técnica da série em sua continuidade na Netflix".

A história trata de um gerente de livraria em Manhattan, Joe (Penn Badgley), que fica obcecado por uma jovem cliente. Ele vasculha as contas dela em redes sociais. Ele a segue para a casa dela. Começa a ler suas mensagens de texto. Ocasionalmente hilária, a série mergulha em questões de privacidade na internet e cultura jovem.

Para Berlanti, o sucesso repentino, após meses de desânimo, foi tranquilizador. "Se Joe é apenas um homem à procura do amor, nossa série é uma que finalmente encontrou a parceira certa."

A Netflix vai produzir a segunda temporada de "You". As filmagens começam neste mês.

Tradução de Clara Allain

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.