Descrição de chapéu Livros

Folha realiza encontro com historiador e escritor Boris Fausto

No evento, historiador lançará livro sobre crimes notórios de São Paulo no início do século 20

São Paulo

Folha realiza na segunda-feira (25), em parceria com a Companhia das Letras, um encontro com o historiador Boris Fausto, que lança seu novo livro “O Crime da Galeria de Cristal”.

A obra transporta o leitor à São Paulo do início do século 20 e reconstitui três crimes que abalaram a sociedade da época: um homem assassinado em um quarto de hotel do centro da cidade —crime que dá nome ao livro—, um cadáver encontrado em uma mala que seria jogada ao mar e o corpo de uma mulher descoberto entre as bagagens de uma embarcação.

Historiador Boris Fausto, que está lançando livro sobre crimes famosos em São Paulo no início do século 20
Historiador Boris Fausto, que está lançando livro sobre crimes famosos em São Paulo no início do século 20 - Marcus Leoni - 21.dez.2015/Folhapress

Por meio da descrição dos fatos, o historiador faz uma reflexão sobre a repercussão dos episódios na imprensa, os julgamentos morais feitos no período e questões de gênero.

Também participarão do debate a antropóloga e historiadora Lilia Schwarcz e o jornalista da Folha Marco Almeida, que fará a mediação. Após o bate-papo, haverá sessão de autógrafos com o autor.

Membro da Academia Brasileira de Ciências, Boris Fausto é autor de estudos clássicos como “História do Brasil” (1994), “A Revolução de 1930” (1997) e “Trabalho Urbano e Conflito Social” (2016).

O evento é gratuito e acontecerá no auditório da Livraria da Vila dos Jardins (al. Lorena, 1.731, Jardim Paulista), a partir das 19h. O auditório, que tem 50 lugares, está sujeito a lotação.


O CRIME DA GALERIA DE CRISTAL

Preço  R$ 64,90 (272 págs.)
Editora  Companhia das Letras
 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.