Governo quer conservatório administrado pela Osesp em Campos do Jordão

Secretaria de Cultura e Economia Criativa deve entregar proposta a Doria em julho

Lucas Brêda
São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria, pretende criar um conservatório permanente em Campos do Jordão. Ele encomendou o projeto à Secretaria de Cultura e Economia Criativa, em parceria com a Osesp.

O pedido de Doria ocorreu durante a organização do Festival de Inverno de Campos do Jordão, que chega à sua 50ª edição a partir deste sábado (29). O evento segue pelo próximo mês inteiro, até o dia 28 de julho.

Segundo o secretário da Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, o projeto será apresentado ao governador até o fim de julho. A ideia inicial é de que a própria Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) administre o novo conservatório.

Ainda não há previsão nem do número de alunos bolsistas que o espaço atenderia nem de quando ele ficaria pronto.

Tradicional evento de música erudita no país, o Festival de Inverno de Campos do Jordão reúne alguns dos principais nomes do cénario brasileiro, além de convidados internacionais. Com exceção do auditório Claudio Santoro, a programação de todas as outras praças é gratuita.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.