Silvio Baccarelli, criador da Orquestra Juvenil Heliópolis, morre aos 87 anos

Maestro foi responsável pelo Instituto Baccarelli, que atende a jovens da comunidade

São Paulo

O maestro Silvio Baccarelli, fundador do Instituto Baccarelli, morreu na manhã desta sexta-feira (21), aos 87 anos. Ele sofria de mal de Alzheimer  e foi internado devido a complicações relacionadas à doença.

O maestro Silvio Baccarelli em 2008, quando o Instituto Baccarelli inaugurou sua nova sede na favela Heliópolis. O instituto proporciona educação musical para jovens carentes da comunidade
O maestro Silvio Baccarelli em 2008, quando o Instituto Baccarelli inaugurou sua nova sede na favela Heliópolis. O instituto proporciona educação musical para jovens carentes da comunidade - Sergio Alberti / Folhapress

Nascido em 1931, em Muzambinho, interior de Minas Gerais, Silvio Baccarelli começou a se envolver com música na adolescência, enquanto estudava para ser padre. Em 1960, já afastado da Igreja, ele criou o Coral Baccarelli, que nas décadas seguintes chegou a se apresentar no exterior e foi premiado pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte).

O Instituto Baccarelli, sem fins lucrativos, foi criado em 1996, depois que um incêndio de grandes proporções atingiu a comunidade do Heliópolis, em São Paulo. O maestro, que trabalhava perto da região, ficou comovido e decidiu oferecer aulas gratuitas de instrumentos para 36 jovens da comunidade, em um espaço na Vila Mariana.

Depois de mudar para um prédio alugado, o Instituto Baccarelli tem sede própria no Heliópolis há mais de dez anos. A Orquestra Juvenil Heliópolis (OJH) é seu maior e mais conhecido projeto, promovendo a educação musical gratuita para mais de 1.200 alunos da comunidade.

O maestro Silvio Baccarelli, em 2010, assinando parceria de seu Instituto com a Prefeitura de São Paulo, ao lado do então prefeito Gilberto Kassab
O maestro Silvio Baccarelli, em 2010, assinando parceria de seu Instituto com a Prefeitura de São Paulo, ao lado do então prefeito Gilberto Kassab - Carlos Cecconello/Folhapress

A OJH já se apresentou em espaços como o Theatro São Pedro, Centro Cultural São Paulo e o auditório do MASP, além de programas como o "Criança Esperança". Também já tocou com nomes da música popular, como Pitty e Vanessa da Mata.

O trabalho do Instituto Bacarelli e a história da Orquestra Heliópolis inspiraram a peça "Acorda Brasil", escrita pelo empresário Antônio Ermírio de Moraes. O texto depois foi usado como base para o roteiro do filme "Tudo que Aprendemos Juntos", com Lázaro Ramos.

"Ele foi uma pessoa movida pela questão social", diz Edmilson Venturelli, amigo de  Baccarelli e diretor de relações iinstitucionais de seu instituto. "Era padre e acabou deixando a Igreja em função da música, mas continuou sempre com foco humanitário." 

​ O velório está marcado para as 18h de sexta, no Salão dos Espelhos da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A cremação será às 11h de sábado (22), na Vila Alpina, zona leste de São Paulo.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.