Missa de sétimo dia do cantor e compositor João Gilberto é realizada no Rio

Bebel, filha do músico, recebeu amigos e familiares em igreja da zona sul da capital fluminense

Marcela Ribeiro
Rio de Janeiro | UOL

​A cantora Bebel Gilberto recebeu amigos e familiares na missa de sétimo dia do seu pai, o músico João Gilberto, celebrada pelo padre Omar Raposo neste sábado (13), na igreja São José da Lagoa, na zona sul do Rio de Janeiro.​

O cantor e compositor João Gilberto
O cantor e compositor João Gilberto - Calil Neto/Divulgação

O cantor Moraes Moreira também esteve na missa do artista, reconhecido como o pai da bossa nova. Ele morreu no último sábado (6), aos 88 anos de idade. 

O velório do cantor e compositor João Gilberto aconteceu no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e o enterro foi em Niterói.


Relembre abaixo os principais momentos da carreira do músico.

1958
- Grava um disco de 78 rpm contendo “Chega de Saudade” e “Bim Bom”, de sua autoria

1959
- Lança outro 78 rpm em que grava “Desafinado” (de Tom Jobim e Newton Mendonça) e “Ho-ba-la-lá”, de sua autoria. Nesse mesmo ano, grava seu primeiro LP, “Chega de Saudade”.

1960
- Grava o LP “O Amor, O Sorriso e A Flor”,com destaque para “Samba de Uma Nota Só” (Tom Jobim e Newton Mendonça), canção também emblemática da bossa nova

1961
- Grava seu terceiro LP, “João Gilberto”, destacando-se “O Barquinho” (Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli)

1962
- Participa de concerto no Carnegie Hall, em Nova York, patrocinado pelo Itamaraty com o objetivo de promover a bossa nova nos EUA

1963
- Grava com Stan Getz o LP “Getz/Gilberto”

1965
- Recebe o Grammy (“Best Album”) pelo disco “Getz/Gilberto”

1966
- Lançado nos Estados Unidos o disco “Getz/Gilberto nº 2”

1970
Lança o LP “João Gilberto en Mexico”, com destaque para o bolero “Farolito”, de Agustin Lara, além de “O Sapo” (João Donato) e “De Conversa em Conversa” (Lúcio Alves)

1973
Grava o LP “João Gilberto”, que inclui “Águas de Março” (Tom Jobim) e “Isaura” (Herivelto Martins e Roberto Roberti)

1976
Lança o LP “Best of Two Worlds”, que conta com a participação de Stan Getz e Miúcha

1987
Recebe do governo brasileiro a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau de comendador

1990
É lançado nos Estados Unidos o CD “The Legendary João Gilberto”

1991
Lança o CD “João”, com destaque para “Ave-Maria no Morro” (Herivelto Martins), “Sampa” (Caetano Veloso) e “You Do Something to Me” (Cole Porter)

1994
Realiza concertos, tendo a filha Bebel Gilberto como convidada, no Palace (SP). Uma destas apresentações é gravada ao vivo e se torna o CD “Eu Sei Que Vou Te Amar”

1999
- Em 29 de setembro, durante inauguração da casa de show Credicard Hall, em São Paulo, João Gilberto, que se apresenta com Caetano Veloso, faz duras críticas ao sistema de som, diante de uma plateia formada por políticos e convidados de patrocinadores. Vaiado, o músico mostra a língua, em momento flagrado pela Folha, e diz que nunca mais se apresentaria no local novamente

2001
- Recebe o Grammy na categoria Best World Music Album, pelo disco “João Voz e Violão”

2003
Apresenta-se (voz e violão) no Tokyo International Forum Hall A, no Japão

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.