Morre Benedito Lima de Toledo, arquiteto membro da Academia Paulista de Letras

Ele era autor de 'São Paulo: Três Cidades em Um Século', um retrato histórico da cidade

São Paulo

O arquiteto e historiador Benedito Lima de Toledo morreu nesta quarta-feira (31), aos 85 anos. Ele era membro da Academia Paulista de Letras, que confirmou a informação. Toledo estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. 

O enterro está previsto para as 16h, no cemitério Gethsêmani, no Morumbi.

Ele se formou na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, onde era professor titular da graduação e pós-graduação. Autor de mais de dez livros, as mudanças na urbanização da capital paulista eram tema recorrente em suas obras.

homem idoso
O arquiteto Benedito Lima de Toledo, em foto de 2004 - Lalo de Almeida/Folhapress

Em um de seus mais famosos títulos, "São Paulo: Três Cidades em Um Século", de 1981, Toledo afirma que a cidade é "um imenso pergaminho, cuja escrita é raspada de tempos em tempos, para receber outra nova". O livro mostra como as casas de barro foram substituídas pelas construções de tijolos e, pouco depois, pelos edifícios altos de concreto armado.

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil publicou uma nota lamentando a morte do arquiteto. "Deixa como herança um acervo com cerca de 40 mil fotos, 25 mil slides e 6.500 livros."

Toledo foi bolsista na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, em 1968. Especializou-se em Restauro e Conservação de Monumentos Arquitetônicos na USP, em 1974, e na École Nationale des Ponts et Chaussées, em Paris em 1983. 

Ele deixa a mulher.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.