Descrição de chapéu Livros

Livro mostra força de Agatha Christie além de seus detetives

'Um Brinde de Cianureto' é o volume 15 da Coleção Folha sobre a escritora

Agatha Christie disse em entrevistas que gostava de tratar seus romances como jogos de dedução. Mais do que criar estruturas dramáticas, pensava no número de participantes (suspeitos) e na distribuição das cartas (pistas). E alguns dos melhores trabalhos da autora nessa esquematização até dispensaram detetives famosos como Hercule Poirot e Miss Marple.

É o caso de “Um Brinde de Cianureto”. Publicado no Reino Unido em 1944, o romance chega às bancas no próximo domingo (1º), como o volume número 15 da Coleção Folha O Melhor de Agatha Christie.

A narrativa se passa um ano depois da morte de Rosemary Barton, que se suicidou na festa de seu aniversário bebendo cianureto. Seu marido, George Barton, reúne novamente as pessoas que estavam no local. O viúvo pretende reconstituir com os convidados o que aconteceu na noite fatídica, porque há tempos está recebendo cartas anônimas que levantam dúvidas sobre o que realmente aconteceu. Ela teria sido assassinada?

No reencontro, aos poucos fica evidente que cada um teria motivos suficientes para eliminar Rosemary. E tudo se complica com uma nova morte. Então Barton pede ajuda a um velho amigo, Johnny Race.

Ex-coronel do serviço secreto britânico, Race apareceu num dos primeiros livros de Agatha Christie, “O Homem do Terno Marrom”, de 1924. Voltou depois em “Cartas na Mesa”, de 1936, e “Morte no Nilo”, de 1937, acompanhando investigações de um antigo parceiro, Hercule Poirot.

Bem diferente do excêntrico detetive belga, Race é um tipo discreto, calmo mesmo nas situações mais tensas. A escritora disse que se arrependeu de não ter escrito mais tramas para Race e que trabalhou sem sucesso num romance que poria o coronel ao lado de Miss Marple.

Mais informações sobre a Coleção Folha O Melhor de Agatha Christie aqui.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.