Obra de ouro maciço é roubada em exposição na Inglaterra

Peça fazia parte de mostra do artista italiano Maurizio Cattelan, aberta para o público na quinta-feira (12)

São Paulo

Uma privada toda feita em ouro 18 quilates foi roubada de dentro do Palácio de Blenheim, em Oxfordshire, na Inglaterra. O incidente aconteceu na madrugada deste sábado (14), no horário local. A peça fazia parte de uma exposição do artista italiano Maurizio Cattelan, aberta para o público na última quinta-feira (12).

Privada em ouro com papel higiênico ao lado, na parede
Obra "America", roubada na madrugada deste sábado (14) de uma exposição no Blenheim Palace, na Inglaterra - William Edwards - 15.set.2016/AFP

Segundo relatos da polícia local à imprensa, um grupo de pessoas teria usado pelo menos dois veículos para realizar a ação. Um homem de 66 anos foi preso por suspeita de envolvimento no roubo.

A obra, que recebeu o nome "America", estava completamente funcional —os visitantes eram convidados a usá-la. Por estar ligada ao encanamento do palácio, a remoção da peça causou inundação e danos ao lugar, de acordo com a polícia.

O Palácio de Blenheim foi onde nasceu o ex-primeiro-ministro do Reino Unido Winston Churchill. Os jardins e a construção principal ficam abertos diariamente para visitação, mas o palácio ficará fechado neste sábado devido às investigações do roubo. 

A obra de ouro foi exibida pela primeira vez em 2016, no museu Guggenheim de Nova York. A peça ficou famosa após ser oferecida ao presidente norte-americano Donald Trump pelo curador da instituição após o mandatário solicitar ao museu uma obra de Van Gogh emprestada. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.