Descrição de chapéu Cinema

Cinema em 2020: franquias mantêm reinado em ano decisivo para a Netflix

Depois dos super-heróis, mulheres dominarão a telona em 'Aves de Rapina', 'Mulher Maravilha 1984' e 'Viúva Negra'

São Paulo

Prever o futuro da sétima arte é bem mais do que uma brincadeira inofensiva. Tanto para os estúdios hollywoodianos quanto para as plataformas de streaming, entender para onde, afinal, caminha a humanidade é questão de sobrevivência.

Enquanto a batalha final não chega, porém, vale encher um balde de pipoca e tentar adivinhar as próximas cenas dessa epopeia —veja, abaixo, alguns palpites do que deve passar na telona (e nas telinhas) em 2020.

Guerra dos mundos
Disputa entre as plataformas e os estúdios hollywoodianos esquenta a temporada de prêmios. E a vencedora deve ser a Netflix, que tem ‘O Irlandês’, de Martin Scorsese, 'História de um Casamento', de Noah Baumbach, e 'Dois Papas', de Fernando Meirelles no páreo.

A vez das heroínas
Depois de ‘Vingadores - Ultimato’, as heroínas devem dominar a telona, em filmes como ‘Aves de Rapina’, com Margot Robbie, ‘Viúva Negra’ e ‘Mulher Maravilha 1984’.

Gal Gadot em cena do filme 'Mulher Maravilha 1984'
Gal Gadot em cena do filme 'Mulher Maravilha 1984' - Divulgação

Mais do mesmo
Sequências de ‘Um Lugar Silencioso’, ‘Legalmente Loira’, ‘Ghostbusters’, ‘Kingsman’ e, esse não podia faltar, ‘Velozes e Furiosos’ são algumas das produções que vêm por aí, enquanto clássicos dos anos 1990 como 'Convenção das Bruxas' e 'Dr. Dolittle' ganham refilmagens.

Nacionais
Vêm aí ‘Eduardo e Mônica’, inspirado na música do Legião Urbana, e ‘A Paixão Segundo G.H.’, adaptação de Clarice Lispector criada por Luiz Fernando Carvalho.

Broadway na tela
Steven Spielberg comandará o clássico ‘Amor Sublime Amor’, enquanto Lin-Manuel Miranda (de ‘Hamilton’) leva sua primeira peça, ‘Em um Bairro de Nova York’, para o cinema.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.