Juiz chama a atenção de Harvey Weinstein por uso de celular durante julgamento

O ex-produtor de cinema compareceu nesta terça (7) ao segundo dia de seu julgamento em Nova York

São Paulo

O ex-produtor de cinema Harvey Weinstein compareceu nesta terça (7) ao segundo dia de seu julgamento em Nova York. Ele é acusado de ter estuprado uma mulher não identificada em 2013 e de ter feito sexo oral em outra, assistente de produção, contra a vontade dela, em 2006.

Durante a audiência, o juiz precisou chamar a atenção de Weinstein, que de acordo com reportagem do jornal The New York Times foi visto digitando em dois celulares em determinado momento.

Ele lembrou os advogados de defesa que o ex-produtor já havia sido repreendido por comportamento semelhante anteriormente. “Essa é realmente a causa pela qual você quer passar o resto da vida na cadeia, por enviar mensagens e violar uma ordem judicial?”, perguntou o juiz a Weinstein.

Neste segundo dia de julgamento, foram vetados nomes de potenciais membros do júri que decidirá o futuro do ex-produtor. Enquanto isso, os remanescentes tiveram de preencher um questionário para identificar se estão aptos a integrar o júri. O início das argumentações do caso de abuso sexual está marcado para o próximo dia 22 .

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.