Descrição de chapéu DeltaFolha

Oscar privilegia atrizes jovens e atores acima dos 51

Entre todas as indicadas em mais de 90 anos de prêmios, 16% têm mais de 50; entre homens, percentual é quase o dobro

colagem de fotos de atores indicados ao oscar

Mulheres aparecem mais na faixa entre 20 e 30 anos; homens têm vantagem após os 40 anos AFP/REUTERS/Folha

Leonardo Diegues Diana Yukari
São Paulo

Se você é atriz em Hollywood, terá mais chances do que os atores de ser indicada ao Oscar se estiver abaixo dos 30 anos. Aproveite, porém, porque depois dos 50 as chances deles serão maiores.

Essas são conclusões da análise feita com as idades de atores e atrizes que disputaram a estatueta ao longo da história da principal premiação do cinema —a edição deste ano será neste domingo (9).

De todas as 877 indicadas ao prêmio de melhor atriz principal e melhor atriz coadjuvante, 28% tinham menos de 31 anos no momento do prêmio. Entre os homens, o percentual é de apenas 10%.

Esse movimento se confirma na competição deste ano. A mais jovem no prêmio de melhor atriz é Saiorse Ronan, 25 (por "Adoráveis Mulheres"). O mais jovem entre os homens é Adam Driver, que tem 36 anos ("História de um Casamento").

Na outra ponta, entre os mais velhos, apenas 16% das indicadas tinham mais de 51 anos. Entre os homens, o percentual é quase o dobro disso.

O ator mais velho na disputa no domingo é Jonathan Pryce, 72 (“Dois Papas”). A mulher mais velha é Renée Zellweger, 50 (“Judy: Muito Além do Arco-Íris”).

A análise feita pela Folha considera todos os 1.752 indicados para atores e atrizes principais e coadjuvantes, desde 1929. Esses profissionais foram separados em faixas de idade (com dez anos cada).

A vantagem para mulheres jovens e para homens mais velhos é um movimento comum ao longo dos anos no Oscar. Mas é nesta edição de 2020 que, nas categorias dos coadjuvantes, a diferença ficou mais acentuada.

A média entre os homens é de 71 anos; entre as coadjuvantes é de 42.

Do lado dos atores, estão Anthony Hopkins (82 anos), Al Pacino (79), Joe Pesci (que completa 77 no dia da premiação), Tom Hanks (63) e Brad Pitt (56).

A coadjuvante mais nova é Florence Pugh, 24; a mais velha é Kathy Bates, 71.

O Oscar vem tentando ter mais diversidade entre indicados e premiados. Em 2016, num ano em que as principais categorias foram dominadas por homens brancos, a então presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs, se comprometeu a buscar mais diversidade.

Seu pronunciamento citou a necessidade de os indicados serem mais bem representados em questão de gênero, raça, etnicidade e orientação sexual. Não foi mencionada, porém, uma distribuição mais equânime considerando idade e gênero.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.