Coachella pode ser cancelado após suspeita de caso de coronavírus na Califórnia

O festival está programado para começar no dia 10 de abril e nomes como Travis Scott e Frank Ocean estão confirmados

São Paulo | UOL

O Coachella tem a edição deste ano ameaçada após a suspeita de um caso de coronavírus nas proximidades de Indio, no estado americano da Califórnia, onde acontece o festival de música.

Um paciente está em quarentena e tem sido monitorado na região de Rancho Mirage, a apenas 25 minutos do espaço onde o evento é realizado.

De acordo com o médico Cameron Kaiser, do Eisenhower Medical Center, anda não há qualquer decisão sobre o cancelamento do festival. Ele destacou que a segurança pública de cada evento será analisada caso a caso antes de uma definição.

O panorama, no entanto, não é dos mais animadores. O torneio de Indian Wells de tênis, também realizado numa região próxima ao Coachella, foi cancelado nesta segunda-feira (9) após a confirmação de um caso em Riverside, o condado onde fica a cidade de Indian Wells.

O festival está programado para começar no dia 10 de abril. Nomes como Travis Scott, Rage Against the Machine e Frank Ocean estão confirmados como atrações principais.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.