Descrição de chapéu Coronavírus

Governo de SP vai liberar crédito para o setor cultural durante pandemia

Sérgio Sá Leitão anunciou novas medidas para preservar a economia criativa e a produção cultural do estado

São Paulo

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo anunciou que vai liberar mais crédito para o setor cultural durante a atual pandemia de coronavírus.

As novas linhas de microcrédito, que totalizam R$ 25 milhões, terão condições especiais e serão destinadas a pequenos negócios, contemplando os setores cultural e criativo, e serão disponibilizadas por meio do Banco do Povo.

As linhas de R$ 200 até R$ 20 mil terão redução da taxa de juros —de 1% para 0,35% ao mês. O prazo de pagamento foi estendido de 24 para 36 meses, enquanto a carência aumentou de 60 para 90 dias. O limite de concessão sem avalista foi de R$ 1.000 para R$ 3.000.

Sérgio Sá Leitão anuncia novo crédito para a cultura durante pandemia de coronavírus
Sérgio Sá Leitão anuncia novo crédito para a cultura durante pandemia de coronavírus - Reprodução

As medidas começam a valer nesta segunda (30) e estarão em vigor até o dia 30 de abril.

O anúncio vem na esteira da liberação de R$ 275 milhões em crédito pelo governo paulista, na semana passada, para quem é dos setores de cultura, economia criativa, comércio e turismo.

O novo anúncio foi acompanhado de um vídeo do secretário Sérgio Sá Leitão, que destacou o intuito de preservar a renda e os empregos no estado por meio da medida. "Queremos também, claro, criar um cenário mais favorável para um momento pós-crise, para a recuperação desse setor", afirmou.​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.